Olá,

Visitante

Projeto aprender brincando: quiz educativo sobre a dengue nas escolas de Mendes (RJ)

A iniciativa de desenvolver um projeto de educação em saúde nas escolas do município de
Mendes no interior do Rio de Janeiro deu-se após o decreto em janeiro/2024 de epidemia de
casos de dengue em todo o Estado. A proposta foi programada após algumas reuniões da sala de
situação de agravos sanitários, integrando o leque de ações estratégicas do Centro de Operações
de Emergências de Arboviroses. Portanto, visando usar métodos lúdicos através da tecnologia, o
setor de planejamento em saúde juntamente com a coordenação de Arboviroses desenvolveu o
QUIZ da Dengue. Objetivo de conscientizar as crianças, a partir das séries de alfabetização, sobre as ações de prevenção da dengue, combatendo o avanço no número de casos positivos no município.

O QUIZ, consiste em 10 (dez) questões com variações do tipo múltipla escolha ou
verdadeiro/falso; são diretamente relacionadas aos principais pontos onde são encontrados os
vetores no município e todas as perguntas foram estruturadas tendo como base a campanha
“Combate ao Mosquito”, que foi divulgada pelo Ministério da Saúde. O arquivo foi produzido
no modelo de PowerPoint, com o objetivo de flexibilizar a sua exibição nas salas de vídeo das
escolas. O QUIZ é apresentado após uma explanação sobre a dengue; dessa maneira, as crianças
são questionadas para fixar o conteúdo, por meio de um método simples, porém eficaz, para
fixação e aprendizado das ações preventivas de combate ao mosquito.

Enquanto o QUIZ é aplicado, percebe-se o interesse e a interação das crianças, que começam a
participar da apresentação, tornando-se protagonistas do projeto e, assim, potenciais difusores
de informações e orientações para seus familiares e a sociedade. Mostra-se relevante destacar
que o projeto pertence a um plano de ações estratégicas para o combate as principais
arboviroses (dengue, chikungunya e zika), transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti; tais ações
permeiam os eixos da rede de saúde do município como: Atenção Especializada, Atenção
Primária, Vigilâncias, Planejamento, Regulação, Assistência Farmacêutica, ou seja, toda a
estrutura da Secretária Municipal de Saúde, desempenhando um papel crucial no enfrentamento
à dengue.

Conclui-se, então, que através da iniciativa do projeto foi possível observar um dos princípios
do Sistema Único de Saúde sendo executado: a participação social. A partir da educação em
saúde, as crianças desempenharam um papel de propagadores das boas práticas de saúde na
prevenção da dengue, de maneira que os seus responsáveis também tenham consciência das
ações. Desse modo, o alvo estratégico formulado na sala de situação de agravos sanitários foi
atingido, contribuindo para a execução do planejamento apresentado pela gestão.

Principal

Bárbara Miguel Alves

babi201318@gmail.com

Planejamento

Coautores

Bárbara Miguel Alves, Maria Fátima Morra de Almeida, Luiz Henrique Rodrigues de Almeida, Luan Jorge Almeida Ramos

A prática foi aplicada em

Mendes

Rio de Janeiro

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Rua Professor Paulo Sergio Nader Pereira n 250

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Bárbara Miguel Alves

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

01 abr 2024

e atualizada em

01 abr 2024

Início da Execução

10/01/2024

Fim da Execução

26/03/2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
Controle das arboviroses no município de Brejo do Cruz – PB
Paraíba
Práticas
O Alcance dos indicadores da imunizaçâo do programa de qualificaçâo das ações de vigilância em saúde
Paraíba
Práticas
Acolhimento e seguimento intersetorial às crianças e adolescentes vítimas de violências
Paraíba
Práticas
Estudo das infecções do trato urinário na população de Queimadas (PB) atendida pelo SUS
Paraíba