Olá,

Visitante

O lúdico ensinando saúde

De acordo com chateu (1987), o significado da prática lúdica na vida de uma criança envolve prazer em agir de maneira livre, oportunidade de reproduzir aquilo que experimentam realização de algo que almejam e capacitação para vivência social. Visando melhorias no serviço de saúde o Município de Umbuzeiro montou estratégias usando o lúdico nas ações de saúde nas escolas. Tornando-as um ambiente propicio para o desenvolvimento da saúde no ambiente escolar, ampliando a possibilidade de controle de doenças como a Dengue. Estimulando a formação de profissionais aptos a atuar na promoção e prevenção, aprimorando os conhecimentos sobre a educação com o contato direto com o público infantil. A saúde oferecendo ações educativas a partir de atividades lúdicas transmitindo conhecimento sobre a Dengue.
Objetivos:
* As praticas lúdicas como ferramenta para o cuidado a saúde.
* Utilizar o lúdico para envolver uma descontração entre os profissionais e o publico infantil.
* Promoção da saúde infantil por meio do lúdico.

Com o aumento de casos de Dengue em todo o país surgiu à necessidade de buscar novas estratégias com o foco na educação infantil. O serviço de vigilância epidemiológica do município conversou com as equipes de saúde, disponibilizou material e suporte necessário para realizações das ações utilizando a ludicidade tendo em vista uma educação em saúde, com o intuito de gerar uma mudança em longo prazo na qualidade de vida da população.
Iniciamos nosso projeto no dia 15 de março de 2024 na Creche Municipal Terezinha Lins Pessoa com a equipe de saúde da unidade básica Dorothy Soares de Moura. Todo material utilizando foi abordado de acordo com a faixa etária. Utilizamos o vídeo com a história Um Reino Sem Dengue da escritora Alda de Miranda, uma historia que trabalha o imaginário infantil educando as crianças a respeito da importância do combate a Dengue. Levamos balões, plaquinhas, chapéus, atividades de colorir tudo que chamasse a atenção das crianças. Trabalhamos na Escola Eliane Vieira com matérias mais diversas como jogos de perguntas e respostas, panfletagem em quadrinhos da turma da Mônica. Transformando-se em uma novidade na promoção a saúde quebrando a barreira entre os profissionais da saúde e o publico infantil, levando atividades de caráter pedagógicos compondo a brincadeira do conhecimento.Como também conhecimento pessoal para os profissionais da saúde, trabalhando nas escolas da zona rural e urbana.

Houve uma sensibilização sobre a importância de se trabalhar com o lúdico na saúde junto ao público infantil. O projeto vem atingindo o público destinado de maneira satisfatória. Aproximação dos profissionais da saúde com as crianças em seus ambientes escolares gerou uma maior integração e efetividade na atividade proposta. A utilização de métodos lúdicos torna as crianças agentes ativos no processo de construção do conhecimento despertando consciência em saúde. Aprendendo o certo e o errado com brincadeiras e interação. Com o intuito que essas crianças sejam aptas a disseminar o conhecimento adquirido. Onde foram avaliados através de perguntas de forma a perceber a dinâmica utilizada causou reflexão entre eles.

Exigindo criatividade para as equipes de saúde trabalhar nas escolas, foi necessário estudar novas abordagens como usar o lúdico como principal ferramenta para promoção da saúde na educação infantil. Minimizando o estresse, e o medo provocado na criança. Quebrando e desmitificando barreiras levando conhecimento através do brincar.

Principal

JORGIANE CORREIA CABRAL

jorgianecabral1212@gmail.com

Coordenadora de Vigilancia Epidemiologica

Coautores

JORGIANE CORREIA CABRAL

A prática foi aplicada em

Todos os Estados (Norte)

Norte

Esta prática está vinculada a

AV. CARLOS PESSOA, N 92 - CENTRO

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

JORGIANE CORREIA CABRAL

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

15 abr 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar de escolares com necessidades especiais
Paraíba
Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba
Práticas
Atuação do programa saúde na escola (PSE) no enfrentamento da dengue e outras arboviroses
Paraíba