Olá,

Visitante

Vivendo o Novo da Vacinação

Categoria não especificada

As vacinas, que há anos salvam vidas e eliminam doenças, acabaram se tornando vilãs da noite para o dia em meio a pandemia, tantas fake news, colocando em descrédito todo o processo de trabalho desenvolvido pela equipes de saúde. Aprendemos a nos reinventar nesse novo cenário, não foi fácil muitas vezes, tivemos que tentar o convencimento de profissionais e pacientes que acreditam na ciência e no SUS, começam a duvidar do sistema por conta que mídia publicava. Começamos a pensar em estratégias que pudessem facilitar a vacinação e aumentar as coberturas vacinais, trabalhamos em vários drive thuru de vacinação, vacinações domiciliares, ampliação do horário de funcionamento das unidades de saúde a cada duas semanas, executávamos a chamada saúde do trabalhador, trabalho com os agentes em visitas domiciliárias, salas de vacinas aberta até às 20h, vacinação Dia V voltada a algum tema para chamar atenção das crianças, apoio à vacinação nas unidades prisionais, carreata com o Zé gotinha, vacinação nas escolas e participação nas reuniões de pais, orientação para todos da equipe mensalmente para que a informação de fosse forma clara e objetiva, sempre mostrando aos pacientes a seriedade do trabalho e a importância da vacinação para a saúde. Todas as equipes estão envolvidas, incluindo enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários, agentes de endemias, setor de educação e o mais importante, o poder público sempre nos apoiando. Seguimos na estrada, lutando em defesa do SUS e da ciência, estamos intensificando a cada dia para aumentar nossa cobertura vacinal, participando das reuniões de pais das escolas, apresentando dados de cobertura vacinal, esclarecendo dúvidas e a importância da vacinação.

A partir dos resultados da Pesquisa ImunizaSUS e da reflexão sobre os problemas e desafios das ações de imunização, identificar e apontar os mais relevantes para o aumento das coberturas vacinais no município ou região de saúde.O primeiro passo é o cadastro do paciente na unidade de saúde onde se os dados não tiverem corretos não migram para o ministério, a rotatividade de profissionais na sala de vacinação, temos que ter profissionais que tenham comprometimento com todo o processo de sala de vacinação, realizando busca ativa e articulação nas estratégias de vacinação.

A educação em saúde é um conjunto de ações sobre processo e comportamentos e boas praticas, um dos meios mais importantes para o conhecimento, no qual o profissional tem mais autonomia em seu ambiente de trabalho.

A educação em saúde e a mídia são pilares fundamentais da prevenção de doenças quando se temos uma população consciente e bem esclarecida mediante a saúde, é o primeiro passo para evitar a rejeição de vacinas assim tendo uma boa aderência evitando doenças evitáveis. Mesmo em meio a todas essas dificuldades ainda acreditamos em um SUS mais forte, no qual iremos superar todas essas dificuldades ressignificando e nos reinventando, proporcionando para a população mais saúde, adotando estratégias que possam nos auxiliar ainda mais no aumento das coberturas vacinais.

Principal

RAFAEL DE CASTRO NASCIMENTO

Coautores

Susimar Pereira dos Santos

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba