Olá,

Visitante

Projeto pedalando contra a dengue

o projeto Pedalando Contra a Dengue foi desenvolvido em 11 estabelecimentos de ensino escolar. Esse trabalho apoia-se na necessidade do combate diário ao mosquito Aedes Aegypti, o qual atualmente é transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus, e ainda febre amarela urbana. Entre os anos de 2017 e 2018, houve um total de 51 notificações de suspeita de dengue no município de Carlos Chagas, ao passo que as notificações da suspeita de chikungunya somaram um total de 39 no mesmo período. Não houve nenhuma notificação da febre amarela urbana ou zika vírus (SINAN). o município de Carlos Chagas, através dos seus profissionais de saúde, tem tratado como prioridade a educação em saúde de toda a população na tentativa de mitigar os riscos de saúde em geral. Utilizando-se então dessa estratégia, isto é, a sensibilização da comunidade por intermédio de suas crianças, espera-se que esse projeto seja o marco inicial para uma nova perspectiva de conscientização da população no combate ao vetor.

Reduzir os focos do mosquito Aedes Aegypti e das doenças transmitidas por ele, através da conscientização das crianças em idade escolar da sede do município, com métodos de prevenção e sua aplicação nas suas residências conscientizar e associar a pre Foi estabelecido que toda criança que participasse do projeto, estaria concorrendo ao sorteio de uma bicicleta por escola participante, organizado da seguinte forma: 1)Visita às escolas participantes para divulgação do projeto e realização do cadastro de alunos. 2)Sorteio dos domicílios a serem visitados em duas etapas, no período de 2 meses, para avaliação de focos. 3)Somente participaram do sorteio aqueles alunos cujos pais autorizaram a visita nas residências no período de avaliação do projeto. 4)Somente foram para urna de sorteio os nomes daquelas crianças cujos imóveis, após a visita dos Agentes de Endemias do Município, não foram encontrados nem um foco do mosquito, tampouco objetos ou condições favoráveis à proliferação do vetor

Na análise destes dados encontrados pelos funcionários do setor de epidemiologia durante o levantamento do LIRA (Levantamento Rápido do Índice de Infestação) realizado em nosso município em outubro de 2017 e janeiro de 2018 comparando com os dados de outubro de 2018 e janeiro de 2019, vimos que caso não tivéssemos tomado a iniciativa de implantação deste projeto, poderia haver uma infestação que elevaria nossos índices do LIRA para 5,5 o que projetaria inúmeros casos de pessoas infectadas pelas doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti, como ocorreu em anos anteriores. o índice de 1,1 encontrado em janeiro de 2019 demonstrou a eficácia do Projeto e a recomendação de sua aplicação em outros anos.Esse trabalho levou em consideração que, se as boas práticas no combate ao vetor forem empregadas de forma eficiente anteriormente ao início do aparecimento dos casos de dengue em épocas sazonais – que compreendem os períodos de chuva e no verão, os resultados demonstrarão uma projeção diminutiva dos focos encontrados nas residências. as crianças foram estimuladas ao se aliar a prática esportiva do pedal, atividade como um hábito de vida saudável, com o Combate ao Aedes Aegypti.

Principal

Ricardo Almeida Viana

ricardoviana7@hotmail.com

Coautores

Nayanna Moura Pereira, Ermerson Da Silva Alves, Rubens Vieira

A prática foi aplicada em

Carlos Chagas

Minas Gerais

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Rua Martins Prates, 355 - Centro. Carlos Chagas-Mg

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Acássio Vieira De Azeredo Coutinho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

25 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal