Olá,

Visitante

Implantação do Pré-Natal do Parceiro no Município de Petrópolis : relato de experiência

Introdução: A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH), instituída pelo Ministério da Saúde em 2009 tem como objetivo ampliar e facilitar o acesso da população masculina às ações e aos serviços de assistência integral à saúde no Sistema Único de Saúde; aposta na perspectiva de inclusão do tema paternidade e cuidado, por meio do pré-natal do parceiro. Objetivo: relatar a experiência da implantação da Consulta de pré-natal do parceiro no município de Petrópolis/RJ

Método:para implantação do pré-natal do parceiro alguns aspectos foram necessário: aproximação com as unidade de saúde e profissionais, capacitando para que pudessem entender as especificidades desse atendimento, por meio de acolhimento, para que as recomendações estabelecidas pelo Ministério da Saúde pudessem ser cumpridas. Para ampliar o acesso e também é ofertado teste rápido para HIV, Hepatite B, Hepatite c e Sífilis, além do aconselhamento como uma estratégia de prevenção de agravos.Incentivo a vacinação que é uma medida eficaz de prevenção de agravos.Nas consultas subsequentes, é a oportunidade de vinculação e escuta qualificada e realização de educação em saúde: relacionamento com a gestante, paternidade ativa, como ser um pai/parceiro presente e divisão de tarefas domésticas e nos cuidados com o bebê.

Resultado: O número de atendimentos no município acompanham uma crescente em 2020, ano da implantação do serviço, foram 34 atendimentos; em 2021, 155; em 2022, 213; 2023, 303. Diante do exposto, o pré-natal do homem traz a oportunidade de sensibilizar o futuro pai a importância da sua participação ativa nesse evento, tornando-o mais compreensivo e participativo na construção da família

Implicações no campo da saúde e Enfermagem:a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem está em consolidação, porém a sociedade desconhece, impactando na não adesão dos homens a esse serviço básico de saúde e principalmente nos locais de trabalho, pois como não existe uma quantidade estabelecida pelo Ministério da Saúde das consultas de Pré-Natal do Homem, os locais de trabalho não aceitam que o seu servidor participe desse momento. Conclusão:atividades exitosas como essas são muito úteis no processo de promoção da saúde do homem e ressignificação do seu papel social, tendo em vista que o contexto de cenário capitalista, heteronormativo, sexista, vulnerabiliza os homens no que concerne a inserção no processo de cuidar, sem estigmas e/ou juízos de valor profissional.Descritores: paternidade; Gênero; Pré-Natal; Educação em Saúde.

Principal

Maria Eduarda da silva Possato

dudapossato15@gmail.com

enfermeira

Coautores

Maria Eduarda da Silva Possato1; Aline Furtado da Rosa2; Patrícia Ramos Pereira Rodrigues3; Giovanni Dimas4; Carina Fernandes Pereira de Moura5; José Mozar de Barros Junior6

A prática foi aplicada em

Petrópolis

Rio de Janeiro

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Rua Figueira de Mello , Petrópolis rj

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Maria Eduarda

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

16 mar 2024

e atualizada em

26 mar 2024

Início da Execução

20/08/2020

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
Humanização na prática do cateterismo vesical de demora na atenção básica.
Paraíba
Práticas
Metodologias ativas no processo de atualização de profissionais de saúde: relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar
Paraíba
Práticas
V amostra Paraíba, aqui tem SUS
Paraíba
Práticas
Autonomia reprodutiva: empoderamento de mulheres em vulnerabilidade através da inserção do DIU
Paraíba