Olá,

Visitante

Automatização do Boletim Diário Covid-19 no Estado da Paraíba

Esse trabalho consiste em um relato de experiência, sobre a automatização do tratamento de dados Covid-19 para elaboração de boletins epidemiológicos Covid-19. O estado da Paraíba possui uma população estimada de 4.059.905 habitantes, distribuídos em 223 municípios, que compõem as 12 Gerências Regionais de Saúde. Para definição de caso seguiu-se o Guia de Vigilância Epidemiológica Covid-19. Assim, o fluxo de dados inicia-se com a notificação de cada caso suspeito de Covid-19 nos sistemas de informação, e-SUS Notifica para casos leves e moderados e Sivep Gripe para casos graves. Esses dados são disponibilizados pelo Ministério da Saúde, por meio da Application Programming Interface (API) e consumidos pela área técnica. Em integração com a vigilância e tecnologia, foram criados scripts em linguagem python atendendo as definições de casos Covid-19.Por se tratar de um relato de experiência, este estudo não foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa, mas ressalta-se que foram atendidos os preceitos éticos da Resolução nº 466/12.

A pandemia causada pelo SARS-CoV-2 impactou o cenário de saúde em todos os aspectos, inclusive no quesito análise de dados em saúde, devido a crescente quantidade de dados, maior velocidade e novas fontes de dados. Na Epidemiologia, há a necessidade de ferramentas que facilitem o manuseio desses dados para análise dos perfis epidemiológicos que auxiliam em tomadas de decisão. Nessa vertente, uma das etapas da análise envolve o tratamento do dado, onde se torna imprescindível a ocorrência do tratamento qualificado para que resulte em informação correta. O processamento de dados na vigilância epidemiológica ocorre por meio de software de planilhas eletrônicas, entretanto nesse cenário de pandemia, o estado da Paraíba necessitou aperfeiçoar o processamento de dados e gerenciamento de um volume maior de dados relacionados a Covid-19.

Recomenda-se integração dos setores de vigilância e tecnologia para aperfeiçoamento de dados referentes a Covid-19, para automatização do boletim diário. Diariamente os scripts são executados para contabilização de casos Covid-19, em tempo hábil com informação segura contribuindo na qualificação do processo de vigilância no monitoramento deste agravo. Desse modo, estratégias podem ser desenvolvidas para aprimorar esse fluxo e sugere-se continuidade desse trabalho para outros agravos, com intuito de otimizar as análises de situação de saúde e tomadas de decisão necessárias na saúde pública.

Principal

Silmara Pereira de Lima

silmaralimaspl@gmail.com

A prática foi aplicada em

Paraíba

Nordeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Fernanda Carolina Rodrigues Vieira

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Brincar de Reciclar
Rio de Janeiro
Práticas
Parceria Cerest-Big e Mpt: Um Relato de Experiência de Integração Interinstitucional
Bahia
Práticas
Qualidade e Segurança para os Alimentos Produzidos nas Agroindústrias Familiares de Matelândia
Paraná
Práticas
Mobilização social na campanha 10 minutos contra a dengue e chikungunya em Manaquiri
Amazonas
Práticas
Implantação de Um Painel das Ações de Controle Vetorial (Bingo) Realizadas pelos Agentes de Saúde do Município de Votuporanga, Sp.
São Paulo
Práticas
Relato do Aumento do Acesso ao Programa de Imunização na Atenção Básica de Silva Jardim/Rj.
Rio de Janeiro
Práticas
Monitoramento da Microcefalia no Municipio de Campina Grande-Pb: uma Parceria Entre a Gestão de Vigilância Epidemiológica & Serviços de Saúde
Paraíba
Práticas
Integração das ações de combate ao Aedes Aegypti Olinda – PE
Pernambuco
Práticas
A Vigilância Ambiental e o Enfrentamento da Febre Amarela Silvestre Baseada nos Pilares da Integralidade das Ações Públicas no Município de Maricá no Período de 2017-2018
Rio de Janeiro