Olá,

Visitante

VIVER BEM É SER SAUDÁVEL: ACOMPANHAMENTO DE PORTADORES DE DOENÇAS CRÔNICAS NÃO-TRANSMISSIVEIS

O município de Queimadas-PB atualmente conta com uma população de 47 mil habitantes, destes 7.796 são hipertensos, 2582 são diabéticas e 5099 pessoas vivendo acima do peso, a partir da análise situacional observou-se a necessidade de intervir e proporcionar aos usuários melhorar a qualidade de vida e saúde.
Neste sentido, a gestão da saúde associada aos colaboradores da vigilância em saúde, da Estratégia de Saúde da Família e Equipe E-multi através de ações intersetoriais no projeto “viver bem é ser Saudável” visando promover melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem com sobrepeso, minimizando as doenças crônicas não transmissíveis e assim promovendo e prevenindo à saúde.
Diante do exposto, o projeto teve início no mês de março de 2023, tendo com público alvo pessoas vivem acima do peso e tenham uma comorbidade associada como hipertensão, diabetes, e que sejam acompanhadas pela Estratégia de Saúde da Família no município. De início realizou-se um cadastro dos usuários interessados, e feito acompanhamento bimestral com avaliação de bioimpedância, acompanhamento médico, enfermagem, nutricional, psicológico, sendo oferecido apoio continuo do profissional educador físico na academia da saúde, associado a essas atividades são aproveitadas os momentos para realizar atividades de promoção e prevenção da saúde.
Objetivos
Realizar um acompanhamento multiprofissional de pessoas portadoras de Doenças Crônicas Não-transmissíveis.
Melhorar a qualidade de vida minimizando doenças crônicas não – transmissíveis.
Diminuir os casos de pessoas vivendo com sobrepeso e obesidade.
É um estudo do tipo descritivo da experiência multiprofissional de acompanhamento em grupo de pessoas com Doenças Crônicas Não-transmissíveis, em especial portadores obesidade associada a outra condição crônica como hipertensão e diabetes.
Foram realizadas reuniões com as equipes para troca de ideias e avaliação das ações; reuniões com a rede de nutricionistas e psicólogos, com os profissionais das estratégias de Saúde da família e educadores físicos para propor ações passiveis de realização, organizar o monitoramento e avaliação das usuárias inscritas no programa, através do controle bimestral dos usuários com informações de medidas, peso, pressão arterial, glicemia capilar.
São utilizadas balança de bioimpedância, fita antropométricas, tensíometro, glicosímetro para realizar a avaliação e dos dados são transcritos para o cartão do usuário.
Como critérios de inclusão usuários que apresentem sobrepeso, sejam hipertensos e/ou diabéticos, sendo inseridos em um grupo controle a cada noventa dias, e como critérios de exclusão usuários não pertencentes ao grupo controle.
Foi criado um forms google para inserir os dados de cada paciente do grupo, após realização de cada monitoramento para melhor acompanhamento por meio de planilhas, Tabelas e Gráficos com informações sobre comorbidade, medidas (peso, altura, cintura e outras), e medidas de bioimpedância. Além da avalição bimestral, são executadas atividades de educação em saúde utilizando metodologias ativas para promover suporte e apoio motivacional.
As reuniões de avaliação com a equipe são realizadas após cada encontro para discutir a atividade realizada e realizar o planejamento das ações.

A motivação para realização desta prática foi após analise situacional do elevado número de portadores de doenças Crônicas não-transmissíveis, em especial a obesidade associada a outra comorbidade como diabetes ou hipertensão arterial prevenção da saúde a partir da adoção de hábitos de vida saudáveis.

Foi dado início em março de 2023, atualmente contamos com 2 turmas com o total de 96 usuárias, sendo 48 em cada grupo de participantes, todos de adultos entre 28 a 69 anos com IMC >30. Do total de usuários participantes todos apresentam sobrepeso, 55 são obesos, diabéticos e hipertensos, 22 são diabéticos e 19 são hipertensos.
Estes usuários participam bimestralmente de encontros para orientações nutricionais, e atividades educativas em grupo, semanalmente participam dos grupos de atividade física nas academias da saúde, os usuários com alterações são encaminhados para avaliação médica e de enfermagem nas unidades de saúde, fazem exame com regularidade.
Ao longo de um ano de acompanhamento obtivemos pacientes que estabilizaram os níveis pressóricos, reduziram o uso de insulina, reduziram o IMC por meio da adoção de hábitos alimentares saudáveis, da realização de atividades físicas regulares, as participantes se mantêm comprometidas, motivadas e atuantes.

É importante valorizar as pessoas e suas limitações, bem como propor atividades alicerçadas com equipes multiprofissionais com foco na promoção da saúde através da adoção de novos hábitos de atividade física e alimentares, na busca de uma melhor qualidade de vida.
Neste sentido, bimestralmente a equipe realiza um momento de avaliação, observação de metas e planejamento continuo das atividades. O projeto ainda segue em andamento e está sendo bem aceito pela comunidade, e a busca pela inscrição já se apresenta com lista de espera de novos usuários para o próximo grupo.

Principal

CAMILLA SANDRINNY PEREIRA BARBOSA

milla.spbarbosa@gmail.com

Enfermeira

Coautores

Camilla Sandrianny Pereira Barbosa, Emanuely Albuquerque de Farias, Joziene Ferreira da Silva, Thauanna de Souza Silva

A prática foi aplicada em

Queimadas

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

rua Sebastião Lucena, 65, Centro, Queimadas-PB

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

CAMILLA SANDRIANNY PEREIRA BARBOSA

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

08 abr 2024

e atualizada em

08 abr 2024

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto social de controle populacional de cães e gatos como função de vigilância em saúde pública
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
Controle das arboviroses no município de Brejo do Cruz – PB
Paraíba
Práticas
O Alcance dos indicadores da imunizaçâo do programa de qualificaçâo das ações de vigilância em saúde
Paraíba
Práticas
Acolhimento e seguimento intersetorial às crianças e adolescentes vítimas de violências
Paraíba