Olá,

Visitante

Selo Unicef: a importância da busca ativa vacinal na cobertura da tríplice viral D1 e D2 no município de São João do Rio do Peixe (PB)

O Selo Unicef é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. Ao aderir ao Selo Unicef, o município assume o compromisso de manter a agenda de suas políticas públicas pela infância e adolescência como prioridade. Ao fazer a adesão ao Selo Unicef, o município deve seguir a metodologia proposta para fortalecer as políticas públicas que sustentam os direitos de meninas e meninos, e garantir que isso aconteça de forma intersetorial e integrada. Também é preciso que a participação social seja incentivada, garantindo o envolvimento dos Conselhos Municipais de Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e a participação de adolescentes. Os municípios que mais avançam na garantia dos direitos de crianças e adolescentes são reconhecidos com o Selo Unicef, e podem fazer uso deste reconhecimento durante o ciclo seguinte. O período de atuação foi de janeiro a abril de 2024, com a população voltada para crianças e adolescentes na faixa etária para a vacina citada. 1.347 municípios participantes fazem parte do Semiárido brasileiro, distribuídos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Para realização de tal evento, foram realizadas reuniões de planejamento com a Comissão Mobilizadora do Selo Unicef, equipes das Atenção Primária à Saúde e Secretaria Municipal de Saúde, para fins de elaborar as práticas corretas para essa busca ativa vacinal – foi realizado levantamento de toda a área e público, com vacinação de casa a casa e em campanhas de multivacinação – , sendo deliberada à SMS a obrigatoriedade de custear os gastos de toda a ação.

Os resultados da ação foram atingidos, conforme expectativas dos objetivos geral e especíco, atendendo a todos os critérios planejados e idealizados para desenvolvimento da busca ativa vacinal para tríplice viral D1 e D2, chegando a atingir mais de 95% do percentual indicado pelo Selo Unicef para essa prática.

Apoiar as equipes das unidades básicas de saúde na busca ativa vacinal de crianças e adolescentes, visando a atualziação da caderneta de vacina para as doses de tríplice viral D1 e D2.

Principal

Raphael Formiga Maciel Pires

raphaelformiga87@gmail.com

enfermeiro/responsável técnico

Coautores

Maria Eliana e Quiroga Alexandre

A prática foi aplicada em

São João do Rio do Peixe

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Rua Tabelião José Cândido - São João do Rio do Peixe, PB, Brasil

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Raphael Formiga Maciel Pires

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

27 mar 2024

e atualizada em

28 mar 2024

Início da Execução

03/01/2023

Fim da Execução

29/06/2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
Humanização na prática do cateterismo vesical de demora na atenção básica.
Paraíba
Práticas
Metodologias ativas no processo de atualização de profissionais de saúde: relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar
Paraíba
Práticas
V amostra Paraíba, aqui tem SUS
Paraíba
Práticas
Autonomia reprodutiva: empoderamento de mulheres em vulnerabilidade através da inserção do DIU
Paraíba