Olá,

Visitante

Reorganização da Atenção À Saúde de Nova Guataporanga

A organização da atenção da saúde é um desafio desde a descentralização das ações estabelecidos pela Constituição Federal de 1988 e seus desdobramentos legais. o presente trabalho trata do relato dos desafios de uma equipe técnica de gestão na condução das ações e serviços da Secretaria de Saúde de Nova Guataporanga, interior de São Paulo. A proposta de reorganização do processo de trabalho na Atenção Básica veio da necessidade de implantar e ampliar o escopo de ações e serviços voltados à melhoria da qualidade de vida da população através de uma assistência multidisciplinar e consequente melhoria nos indicadores de saúde com resolutividade. as novas ações são desenvolvidas para população em geral, dentro e fora da Unidade Básica de Saúde com o estabelecimento significativo de vínculos com outros setores: Centro de Convivência do Idoso, Escolas, Praças públicas, Projetos sociais, Academia da Saúde, Centro Comunitário, CRAS e Igrejas, desde o início do ano de 2017 até o momento.

Implantar um modelo de gestão para reorganização da atenção à saúde, processos de trabalho, ações e serviços de atenção à saúde no Município de Nova Guataporanga – SP. o planejamento de ações e serviços de saúde no município de Nova Guataporanga para formulação, implantação e implementação de políticas, programas e projetos que visam promover, prevenir, proteger, reduzir danos, e recuperar a saúde da população local por meio da: • Reorganização da gestão de processos • Fortalecimento das ações e serviços • Ampliação do cuidado • Implantação de processos de educação permanente • Implantação de processos de monitoramento e avaliação • Fortalecimento do Controle Social

Os processos de gestão realizados nos anos de 2017 e 2018 foram organizados e subdivididos em ações para o enfrentamento dos desafios: Prevenção e Promoção da saúde: Grupos de cuidado com mulheres, gestantes, crianças, idosos, portadores de diabetes, hipertensão, acompanhamento nutricional, antitabagismo e Programa Saúde na Escola Oferta do cuidado: Consultas – Ampliação de consultas locais: 6.659 na UBS e Estabelecimento de parcerias de média e alta complexidade: 1.116 Consultas nos AMEs, Hospital Regional e Santas Casas de referência Financiamento da saúde: Percentual de recursos próprios aplicados na saúde: 25,52% e Redução de 33% na aquisição de medicamentos e material de enfermagem com a implantação de pregão eletrônico de comprasPor meio dessas iniciativas pode-se visualizar as ações realizadas e seus impactos no cuidado da população e no orçamento municipal. o estabelecimento do controle de atividades e seu dimensionamento possibilita a aplicação de ferramentas de gestão assim, melhorando a eficácia e eficiência do cuidado da população e os indicadores de saúde, de modo a permitir o atendimento pleno dos princípios constitucionais: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.

Principal

Fernanda Borssank Paschoareli Da Fonseca

fernandabpas@hotmail.com.br

A prática foi aplicada em

Nova Guataporanga

São Paulo

Sudeste

Instituição

Rua José Alves Ferreira, 510-1A-Centro- Nova Guataporanga - Cep:17.950-000

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Fernanda Borssank Paschoareli Da Fonseca

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal