Olá,

Visitante

Relato de experiência na formação de profissionais em saúde mental em Macaíba (RN)

Dinâmica e estratégias dos procedimentos usados

As diretrizes da reforma psiquiátrica antimanicomial apontam para um processo de desinstitucionalização como caminho norteador. Tal processo contempla a ruptura de paradigmas e a possibilidade de construção de serviços de saúde que oportunizem a escuta das singularidades, a construção de projetos de vida (MERHY, 2006). O nosso relato de experiência é sobre o Projeto Caminhos do Cuidado, que foi um projeto em nível nacional, que se configurou na formação profissional em saúde mental com ênfase em crack, álcool e outras drogas, direcionadas aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Auxiliares e Técnicos de Enfermagem. Este projeto foi realizado no município de Macaíba/RN, de março a julho de 2014, onde capacitamos esses profissionais da Rede de Atenção Básica Saúde e observamos a melhora na atenção ao usuário e aos seus familiares. Este projeto sensibilizou os ACS e os Técnicos de Enfermagem para que reconhecessem o seu papel de promover a inclusão das pessoas na rede de cuidado, de ofertar dispositivos para atuarem no reconhecimento das situações problemáticas no seu território, melhorando o acolhimento aos usuários na mobilização e articulação da rede de atenção e aprendendo sobre a temática da redução de danos.

Percebe-se, no entanto, uma grande dificuldade dos trabalhadores e dos serviços de saúde em acolher os usuários de drogas e portadores de transtornos mentais. Assim, coloca-se o desafio de mudar a cultura, bem como fazer da prática cotidiana a expressão dos pressupostos da reforma psiquiátrica, dos princípios e diretrizes da Política de Saúde Mental, de atenção integral aos usuários de álcool e outras drogas e de atenção básica.Iniciativa formadora: importante ferramenta de potencialização das ações realizadas nos territórios de atuação

Principal

Jane Suely de Melo Nóbrega

janenobrega@gmail.com

A prática foi aplicada em

Macaíba

Rio Grande do Norte

Nordeste

Esta prática está vinculada a

AV. Mônica Dantas, nº 28, Centro

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Jane Suely de Melo Nóbrega

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

13 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Adoles-SER- a clínica em movimento. Cuidado e promoção de saúde mental de adolescentes
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Avaliação diagnóstica do TEA no SUS e capacitação dos pais como forma primordial de intervenção
Rio de Janeiro
Práticas
Oficina de Estimulação Cognitiva como estratégia de cuidado ampliado para indivíduos com dependência de álcool
Rio de Janeiro
Práticas
Os dados do CAPS1 Minha Vida como indicador avaliativo do serviço na supervisão clínico-institucional
Rio de Janeiro
Práticas
Grupo de familias em um CAPS infanto-juvenil
Rio de Janeiro
Práticas
Promoção da educação em saúde mental à adolescentes da escola pública: semeando hoje para colher no amanhã
Pernambuco
Práticas
Plantão psicológico na escola
Pernambuco
Práticas
Grupo de Práticas Corporais
Rio de Janeiro
Práticas
Oficina Saúde é Lazer
Rio de Janeiro
Práticas
Alongacaps
Rio de Janeiro