Olá,

Visitante

Relato de experiência na formação de profissionais em saúde mental em Macaíba (RN)

Dinâmica e estratégias dos procedimentos usados

As diretrizes da reforma psiquiátrica antimanicomial apontam para um processo de desinstitucionalização como caminho norteador. Tal processo contempla a ruptura de paradigmas e a possibilidade de construção de serviços de saúde que oportunizem a escuta das singularidades, a construção de projetos de vida (MERHY, 2006). O nosso relato de experiência é sobre o Projeto Caminhos do Cuidado, que foi um projeto em nível nacional, que se configurou na formação profissional em saúde mental com ênfase em crack, álcool e outras drogas, direcionadas aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Auxiliares e Técnicos de Enfermagem. Este projeto foi realizado no município de Macaíba/RN, de março a julho de 2014, onde capacitamos esses profissionais da Rede de Atenção Básica Saúde e observamos a melhora na atenção ao usuário e aos seus familiares. Este projeto sensibilizou os ACS e os Técnicos de Enfermagem para que reconhecessem o seu papel de promover a inclusão das pessoas na rede de cuidado, de ofertar dispositivos para atuarem no reconhecimento das situações problemáticas no seu território, melhorando o acolhimento aos usuários na mobilização e articulação da rede de atenção e aprendendo sobre a temática da redução de danos.

Percebe-se, no entanto, uma grande dificuldade dos trabalhadores e dos serviços de saúde em acolher os usuários de drogas e portadores de transtornos mentais. Assim, coloca-se o desafio de mudar a cultura, bem como fazer da prática cotidiana a expressão dos pressupostos da reforma psiquiátrica, dos princípios e diretrizes da Política de Saúde Mental, de atenção integral aos usuários de álcool e outras drogas e de atenção básica.Iniciativa formadora: importante ferramenta de potencialização das ações realizadas nos territórios de atuação

Principal

Jane Suely de Melo Nóbrega

janenobrega@gmail.com

A prática foi aplicada em

Macaíba

Rio Grande do Norte

Nordeste

Esta prática está vinculada a

AV. Mônica Dantas, nº 28, Centro

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Jane Suely de Melo Nóbrega

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

13 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Oficina Oportunizar /CAPS AD
Rio de Janeiro
Práticas
Desinstitucionalização do Hospital Colônia Itapuã: de um portal sombrio a um Solar iluminado.
Rio Grande do Sul
Práticas
SKCAPS: grupo de skate como tecnologia de cuidado em saúde mental infantojuvenil
São Paulo
Práticas
Oficina de jogos e desenho
Rio de Janeiro
Práticas
Oficina de Economia Solidária
Rio de Janeiro
Práticas
Terapia Comunitária Integrativa: um relato de experiência no município de Resende (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Grupo terapêutico: um espaço de acolhimento e de suporte para o final de semana, através da musica, violão e técnica da auriculoterapia
Rio de Janeiro
Práticas
Equipe multidisciplinar – um olhar psicossocial na atenção à infância e adolescência
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto Adoles-SER- a clínica em movimento. Cuidado e promoção de saúde mental de adolescentes
Todos os Estados (Norte)