Olá,

Visitante

Qualidade de Vida e Longevidade: Educação/Prevenção/Promoção em Saúde Sob os Aspectos Biopsicossociais Como Ferramenta para o Cuidado de Pacientes Hipertensos e Diabéticos.

ObjetivoGeral: Compreender a prevalência da descompensação da população hipertensa e diabética. Específico: Promover educação sobre a hipertensão arterial e diabetes, suas complicações, a necessidade do cuidado contínuo Implementar medidas para adesão do trabalho.MetodologiaO trabalho é desenvolvido pelas equipes da ESF e NASF. O grupo promove prevenção e educação em saúde, abarcando diversos temas em saúde como alimentação saudável autocuidados de pessoas com doenças crônicas cidadania e direitos humanos dependência química, sobretudo o uso do tabaco envelhecimento saúde mental saúde sexual saúde bucal. É realizado práticas em saúde através do procedimento coletivo faz-se o controle e acompanhamento dos indivíduos e sua patologia sob aspecto biológico/físico, monitorando-os através da aferição da pressão arterial e glicemia aconselhamento e monitoramento do tratamento medicamentoso antropometria orientação nutricional práticas corporais e atividade física.

O grupo “Qualidade de Vida e Longevidade” atende ao público adulto e a terceira idade com foco nos hipertensos e diabéticos. A prevenção para hipertensão arterial e diabetes é um trabalho que envolve a qualidade de vida do sujeito em suas diferentes fases da vida. E tendo como público principal os sujeitos de meia idade e terceira idade, o projeto além de se ancorar no trabalho de prevenção, potencializou focar na educação em saúde para alcançar o êxito de manter os pacientes hipertensos e diabéticos “controlados”. Uma vez que já estão dentro dessas patologias, o objetivo é garantir seu cuidado integral e diminuir os riscos de co-morbidades advindas com a hipertensão e diabetes. Por não compreender a descompensação da pressão arterial e da glicemia dos pacientes mesmo oferecendo acompanhamento periódico. Fez-se necessário questionar quais aspectos que envolvem o paciente, assim como, o processo de trabalho da AB que implicam no favorecimento da hipertensão e diabetes descompensada.

O trabalho possibilitou conhecer/classificar os aspectos que implicam na prevalência de pacientes hipertensos e diabéticos descompensados. Defende-se o processo de trabalho sob a modalidade coletiva, diante dos diversos benefícios/resultados. E, demonstra a necessidade do trabalho em equipe, sensibilização e humanização do profissional, pois cada aspecto humano, seja biológico, cognitivo, psicológico, social, espiritual tem sua função no processo de saúde-doença-cuidado.

Principal

Jéssica Rodrigues Lima

A prática foi aplicada em

MG

Minas Gerais

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

22 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba