Olá,

Visitante

Programa corujão da saúde em Doresópolis

Promover a acessibilidade dos serviços de saúde, através da extensão do horário de funcionamento da Unidade Básica de Saúde “Pedro da Costa Lopes”, como também diminuir os atendimentos individuais e a demanda reprimida, através de grupos operativos e Extensão do horário de funcionamento, toda terça-feira de 07h00min a 21h00min com todos os profissionais das equipes de saúde, priorizando o atendimento aos pacientes da zona rural e outros que não podem acessar os serviços no horário convencional, e ainda, na quinta-feira com a Dentista da equipe de Saúde da Família para realização de visitas domiciliares. Ademais, também foi definida a redução do atendimento individual de comorbidades e descentralização das mesmas para grupos do NASF-AB que desenvolvessem atividades com esses e trabalhassem as PIC’s, conseguindo reduzir a demanda de pacientes que são rotineiros na Unidade Básica de Saúde “Pedro da Costa Lopes”.

A Atenção Básica é responsável pela oferta de serviços de saúde a população, que circundam a promoção, prevenção, recuperação e reabilitação de saúde. o principal desafio encontrado para cumprir com estes propósitos acerca da saúde coletiva se relaciona diretamente com uma fração da população que não tem acesso aos serviços por questões como residência em Zona Rural e atividades laborais. Estas questões limitam o tempo em que os usuários encontram-se disponíveis para irem até os serviços públicos de saúde, e assim, afetam diretamente a qualidade de vida destes. Sendo esta realidade presente no município de Doresópolis, a Secretaria Municipal de Saúde resolveu implantar um programa que permitisse o acesso aos seus serviços, que são oferecidos pela Unidade Básica de Saúde “Pedro da Costa Lopes”, para as pessoas impossibilitadas de frequentarem os mesmos, promovendo assim a acessibilidade e alcançando os pacientes ausentes desta.

o principal resultado alcançado foi o aumento da acessibilidade nos serviços de saúde, por parte da população ausente destes. Através da extensão do horário, aumentou-se o número de atendimentos individuais aos munícipes ausentes dos serviços, como também houve a diminuição do atendimento de pacientes submetidos a comorbidades e que rotineiramente frequentavam os serviços, posteriormente eles começaram a ser descentralizados para os Grupos Terapêuticos do NASF-AB, aumentando assim o número de participantes nesses grupos. o fortalecimento de vínculos entre pacientes e profissionais, além da promoção da saúde, também foram alcançados, fazendo valer as responsabilidades garantidas aos serviços municipais de saúde para com a população.A oferta de serviços acessíveis é um ponto importante para a concretização da promoção da saúde. A extensão do horário se mostrou resolutiva, pois foi capaz de permitir o acesso dos munícipes ausentes nos serviços da Unidade Básica de Saúde “Pedro da Costa Lopes”, como também fomentou a proposta de atendimento do NASF-AB e viabilizou a criação de Grupos Terapêuticos. Alcançar aqueles que estão distantes das ações de saúde é ponto chave para a qualificação do SUS.

Principal

Rosângela Aparecida Terra E Guerra

rosangelatguerra@hotmail.com

Coautores

Ana Isadora Melo, Marques Alves, Melissa Lopes Batista

A prática foi aplicada em

Doresópolis

Minas Gerais

Sudeste

Esta prática está vinculada a

Praça Nossa Senhora das Dores, nr. 18

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Rosângela Aparecida Terra E Guerra

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

27 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal