Olá,

Visitante

Participação da Comunidade na Saúde: Experiências Inovadoras de Gestão Participativa, Mobilização de Conselho Gestor de Unidade ou Conselho Local

INTRODUÇÃOA Participação da Comunidade na gestão do SUS é prevista na Constituição Federal de 1988 e nas legislações de Saúde, Lei 8080 e 8.142, possibilitando a atuação do poder público no acompanhamento das ações e serviços e nas decisões destinadas a garantir o direito individual e coletivo à saúde. As reuniões descentralizadas do Conselho Municipal de Saúde constituem espaços democráticos de participação dos cidadãos, com o intuito de estimular e mobilizar a sociedade a expor os problemas enfrentados e sugerir soluções. É importante enfatizar que, as discussões da política de saúde na Comunidade têm possibilitado uma maior visibilidade dos problemas enfrentados, bem como subsidiado a gestão na avaliação do impacto das ações realizadas pelos setores, de forma a construir coletivamente estratégias para melhoria da assistência a saúde.OBJETIVO:O presente trabalho tem como objetivo apresentar a experiência da Participação da Comunidade nas reuniões ordinárias do Conselho Municipal de Saúde de Igreja Nova/AL, realizadas trimestralmente de forma descentralizada nas comunidades desde 2010, visando o fortalecimento do Controle Social na política de saúde.METODOLOGIA:As reuniões descentralizadas são realizadas trimestralmente pelo Conselho Municipal de Saúde de Igreja Nova a partir de cronograma pré-estabelecido e aprovado em plenário, com prioridade às Comunidades com localização distante e pouca acessibilidade

Estimular e mobilizar a sociedade a expor os problemas enfrentados e sugerir soluções nas reuniões descentralizadas do Conselho Municipal de Saúde, como espaço democrático de participação dos cidadãos.

Principal

Lilian Barbosa da Fé

A prática foi aplicada em

Igreja Nova

Alagoas

Nordeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Lilian Barbosa da Fé

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Contratualização na Ses-DF: Resultados da Implantação de Metas nas Regiões de Saúde da Secretaria de Saúde do DF.
Distrito Federal
Práticas
Desafios para Manutenção do Vínculo e da Co-Repsonsabilização Frente a Ausência do Profissional Médico – a Equipe Multiprofissional de Saúde Sendo a Referência de Cuidado em Saúde
Rio Grande do Sul
Práticas
A Atuação do Conselho Local de Saúde na Gestão da Estratégia de Saúde da Família.
Rio Grande do Sul
Práticas
Programa Municipal para Suporte Técnico Profissional Frente À Reformulação da Pnab.
Paraná
Práticas
Organização do Processo de Trabalho na Atenção Primária em Saúde Utilizando Ferramentas Analisadoras e Estratégicas.
Maranhão
Práticas
Planejamento Local e Participativo na Estratégia Saúde da Família no Município de Cachoeirinha/Tocantins.
Tocantins
Práticas
Mudança de Dinâmica na Marcação de Consulta em São Luis e Seus Impactos Positivos para a População.
Maranhão
Práticas
Modelo de Atenção Às Condições Crônicas em Um Serviço de Referência À Mulher e À Criança de Caxias/Ma: uma Proposta de organização da Atenção Especializada À Saúde.
Maranhão
Práticas
Implantação do Ambulatório de Seguimento do Recém-Nascido de Alto Risco: Um Projeto de Fortalecimento da Rede de Atenção À Saúde da Criança
Alagoas
Práticas
O Apoio Institucional do Cosems-Ba Como Estratégia para o Fortalecimento das Comissões Intergestores Regionais-Cir nas Regiões Norte e Nordeste.
Bahia