Olá,

Visitante

o Serviço de Equoterapia como Dispositivo de Reabilitação na Rede Assistencial Pública de Saúde no Município de Quissamã/RJ

o município de Quissamã situa-se a 240 km do Rio de Janeiro e é um local com extensa área rural. Até a década de 80 o cavalo era utilizado, predominantemente, como meio de transporte e nas atividades agropecuárias. A partir da emancipação da cidade, em 1991, iniciou-se exposições que enfatizavam exibições e provas hípicas, o que colocou o cavalo num patamar de destaque em termos esportivos. A partir de 2004, o cavalo passa, também, a ser utilizado como agente terapêutico através das atividades em equoterapia. A equoterapia como método terapêutico alcançou o reconhecimento técnico científico por parte do Conselho Federal de Medicina em 1997 e pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional em 2008. em 09/04/2019 foi aprovado pelo Plenário do Senado a regulamentação da equoterapia como método de reabilitação de pessoas com deficiência e aguarda a sanção da Presidência da República.

Ofertar o serviço de equoterapia como um dos dispositivos para o cuidado em saúde na área de reabilitação. o atendimento aos usuários é iniciado utilizando como método de trabalho anamneses e avaliações preconizadas pela Associação Nacional de Equoterapia – ANDE-Brasil. São aplicados alguns testes psicológicos e fisioterápicos, tais como: HTP (House, Tree and Person), Teste de Romberg e Teste de Equilíbrio de Berg. o serviço funciona com uma equipe básica multiprofissional composta por: 01 fisioterapeuta , 01 psicóloga e 01 equitadora. A partir do projeto terapêutico individual com suporte psicológico a família, das intervenções e dos resultados apresentados do quadro físico e mental são executadas novas análises para o redirecionamento das atividades. Além disso, são realizados trabalhos intersetoriais potencializando os resultados.

A Equoterapia é uma terapêutica em que o prazer é um importante vetor de reabilitação e inclusão social. Nos aspectos psíquicos e pedagógicos, o cavalo funciona como elemento mediador entre o terapeuta e o praticante, oferecendo limites e vivências capazes de prover oportunidades de aprendizagem e de transferência desta para a vida prática. Observa-se melhora na qualidade de vida dos praticantes de acordo com as avaliações realizadas pela equipe do serviço, nas reuniões intersetoriais e nos relatos das famílias. Segundo relatórios organizacionais, no ano de 2004, quando foi implantado o serviço, havia 12 praticantes e foram feitos 226 atendimentos/ano. em 2018, foram atendidos 30 praticantes e suas famílias e realizados 748 atend/ano.Conforme os resultados apresentados pelos praticantes, tais como: melhora na autoestima, controle emocional, desenvolvimento global, psicomotor e relaxamento, o serviço passou a ser recomendado por outros profissionais como: médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicopedagogos, entre outros. Conclui-se que o serviço de equoterapia na rede assistencial de saúde tem sua relevância pelos resultados obtidos pelos usuários e seu funcionamento é arcado pela administração pública municipal.

Principal

Danilo Chagas Melchiades Gomes

danilocmg@hotmail.com

Coautores

Cristiano Borba Pessanha, Delba Machado Barros,

A prática foi aplicada em

Quissamã

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Rua 12 De Junho, Nº 07 – Piteira – Quissamã - Rj

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Simone Flores Soares De Oliveira Barros

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Sucessus 2018: Nossa Equipe É Show! – Valorização do Trabalhador do SUS e das Experiências Inovadoras no Cuidado em Saúde na Região de Vila Prudente/Sapopemba, Município de Sp
São Paulo
Práticas
Experiência de des institucionalização: o Resgate da Cidadania e da Dignidade no Relato de Profissionais e Pacientes
São Paulo
Práticas
Educação Permanente em Saúde Diária como Estratégia de Sustentação na Integração Entre Equipes Técnicas Distintas – Atenção Básica e Vigilâncias
São Paulo
Práticas
Avaliação Interdisciplinar e Diagnóstico Diferencial – Mobilização na Busca de uma Linha de Cuidado Assertiva no Cer de São Bernardo do Campo
São Paulo
Práticas
Intervenção do Farmacêutico do Nasf no Uso Irracional de Antiinflamatórios Não Esteroidais (Aines), uma Experiência da Ubs União
São Paulo
Práticas
Tecendo Redes: uma Experiência de Articulação do Trabalho em Rede Intersetorial em um Território de Saúde no Município de Assis/Sp
São Paulo
Práticas
Empoderamento Social em Defesa do SUS no Município de des calvado – Sp
São Paulo
Práticas
A Experiência de Implantação da Política de Saúde Integral para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (Lgbt) na Região Central do Município de São Paulo
São Paulo
Práticas
des envolvimento da Gestão de Custos no SUS em São José do Rio Preto
São Paulo
Práticas
Processo de Implantação da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil como Forma de Transformação e Reorganização do Trabalho em Ubs
São Paulo