Olá,

Visitante

I Roda de Conversa Regional do Cis Ivaiporã e Cresems: Fazer A Gestão Regional

No ano de 2018 foi realizado na região de Ivaiporã, três momentos de discussões sobre os contratos paralelos. Isso trouxe incomodo regional para os gestores municipais e conseguiu-se definir as fragilidades na organização regional e o papel do consorcio. Nas discussões deixou-se claro que o consorcio é um prestador de serviços ou um intermediador entre os municípios e o prestador. Era necessário que os prefeitos municipais e seus gestores de saúde pudessem discutir e entender os princípios organizativos do SUS, entre eles a regionalização. as discussões foram em torno dos vazios assistenciais na região e a necessidade de potencializar o papel do Cis Ivaiporã. Houve a participação de 15 prefeitos dos 16 municípios que compõem a região.

Analisar os trabalhos desenvolvidos no ano de 2018 e diagnosticar as necessidades municipais através da roda de conversa dos gestores de saúde e prefeitos municipais, para construção do plano de trabalho do Cis Ivaiporã para o ano de 2019. Foi aplicado um questionário com os municípios oportunizando a construção das respostas entre técnicos, gestores de saúde e prefeitos municipais, abordando as seguintes perguntas: – o que falta para meu município na área da saúde? – Entendo e concordo em criar microrregiões/ regionalização? – o que posso fazer para a AB do meu município ser resolutiva? o que tem mais valor, a atenção básica ou o Hospital? – Quais os serviços que preciso do consorcio? Quais os serviços que são necessários implantar na região? – Consigo ser solidário com os demais municípios? Consigo ver a necessidade e tomar decisões pensando no coletivo? Na sequência apresentei sobre a Regionalização e o que a Resolução da CIT n.37 de 2018 trouxe como norteadora das discuss

Todos os municípios tiveram oportunidade de relatar suas respostas, e assim conseguimos entender as necessidades de cada um e construído o plano de trabalho do Cis Ivaiporã. Definido que todos os municípios fariam contratos pelo Cis Ivaiporã, aumentando o poder de negociação e organização de fluxos. Aprovado a consolidação das microrregiões e que os serviços a serem implantados passem sempre em discussões com os prefeitos e gestores de saúde, obedecendo as necessidades identificadas para consolidação das redes temáticas. Os prefeitos conseguiram demonstrar a preocupação em realizar serviços com um financiamento insuficiente.A roda de conversa mostrou a importância de trabalharmos e discutir os assuntos voltados para as políticas de saúde dentro das associações de prefeitos, pois assim os prefeitos conseguem aproximar-se da saúde e discutir com seus gestores a importância de gestão. Todos entenderam que nenhum município se faz sozinho e a importância de olharem e serem região de saúde e trabalhar no fortalecimento de microrregiões. Foi um movimento de mobilização da Regionalização.

Principal

Luana Tironi Giacometti

luana.cosems@gmail.com

Coautores

Clodoaldo Fernandes, Nilda Batista,

A prática foi aplicada em

Ivaiporã

Paraná

Sul

Instituição

Av Paraná, N.276

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Clodoaldo Fernandes

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal