Olá,

Visitante

O Programa de Educação para o Trabalho no contexto do Consultório na Rua de Campina Grande (PB)

O Programa de Educação para o Trabalho (PET-Saúde) com vigência entre 2022 e 2023, envolveu em seu arcabouço ações vinculadas à gestão e assistência. O projeto aprovado para execução pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) em serviços de saúde do município, foi organizado em cinco Grupos de Trabalho (GT), e contemplou atores de variadas categorias profissionais, mediante critérios de seleção estabelecidos em edital.
Dentre os serviços, inseriu-se o Programa Consultório na Rua (CnR) que existe no município desde o ano de 2011 e veicula ações de cuidado e saúde para a população em situação de rua. O serviço conta com 372 pessoas cadastradas no prontuário eletrônico (PEC-SUS) e Campina Grande dispõe de uma equipe multiprofissional que se enquadra na modalidade II, descrita na Portaria 122/2011 do Ministério da Saúde.
A partir da inserção da enfermeira e do psicólogo da equipe para atuação enquanto preceptores no PET-Saúde, foram desenvolvidas ações de educação em saúde direcionadas para o enfrentamento das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) no cenário da rua e de instituições de acolhimento para pessoas em situação de rua. Destaca-se a participação ativa de todos os membros da equipe do CnR e dos discentes dos cursos de psicologia e enfermagem da UFCG, inseridos no PET-Saúde.

Discorrer sobre as ações de saúde desenvolvidas através da parceria entre o Programa de Educação para o Trabalho da UFCG e o Consultório na Rua do Município de Campina Grande-PB.

A divisão em GTs contemplou diversas temáticas, sendo o GT 4 – Promoção e prevenção de doenças transmissíveis: sífilis, infecção pelo HIV, Hepatites, Tuberculose e Hanseníase, responsável pelas ações desenvolvidas no serviço do CnR. Mediante efetivação de reuniões mensais entre tutores, preceptores e discentes, as ações de promoção da saúde foram articuladas, com vistas a proporcionar o acesso da população a informações, serviços e fortalecer o seu protagonismo no processo de cuidado.
As intervenções propostas foram implementadas de forma individual e/ou coletiva, sendo desenvolvidas no ambiente da rua e em organizações não governamentais (ONGs) voltadas para o acolhimento de pessoas em situação de rua. Enquanto recursos metodológicos para execução das ações, foram realizadas estratégias de acolhimento, rodas de conversa e dinâmicas com caráter participativo; também foram utilizados recursos materiais referentes a cartolina, folhas de ofício para confecção de fanzine, barbante para dinâmica de apresentação, testes rápidos a serem realizados durante os atendimentos e fichas de resultados. Além disso, os participantes desenvolveram atividades articuladas de orientação e direcionamento dos usuários que se deparavam com resultados de testes reagentes.

Oportunidade de ampliação da integração ensino-serviço no contexto do Consultório na Rua.

As ações de educação em saúde desenvolvidas pelas discentes em parceria com os preceptores, fortaleceram a aproximação da equipe multiprofissional do CnR e o processo de trabalho durante identificação e atendimento frente às ISTs. Ressalta-se que para a implementação das atividades, os diversos olhares foram contemplados e ajustes realizados sempre que necessário.
A confecção do fanzine se configurou em um importante constructo para a veiculação de informação acerca das ISTs, contemplando suas características, prevenção, sintomatologia e medidas de enfrentamento em uma linguagem clara e acessível. Este foi trabalhado pelas discentes junto com as pessoas em situação de rua acolhidas em uma ONG do município, facilitando o acesso dos usuários ao percurso informativo e possibilitando a construção de conhecimento compartilhado.
Destaca-se que a integração vivenciada entre discentes, profissionais e usuários resultou na ampliação de práticas, na visualização de um público e serviço que em muitos casos se encontra marginalizado, estreitou os laços entre equipe de saúde e academia, como também apontou novas possibilidades para o trabalho educativo que pode ser desenvolvido com as pessoas em situação de rua.

Diante da integração entre o ensino-serviço, através do PET-Saúde Gestão/Assistência, foi possível realizar ações de promoção da saúde para a população que vive em situação de rua, visando prevenir as IST´s, promover a qualidade de vida e reduzir os impactos negativos que afetam pessoas que vivem em situação de grande vulnerabilidade social. Além de contribuir com a promoção e prevenção das IST´s diretamente com o público alvo selecionado, verificou-se o fortalecimento na formação dos futuros profissionais frente a um grande problema de saúde pública no Brasil.
Portanto, recomenda-se que projetos de educação para o trabalho e projetos de extensão, continuem sendo desenvolvidos no contexto do CnR, visto que este é um cenário de prática que propicia aos discentes novas perspectivas de intervenção e os aproxima da realidade vivenciada nas ruas. Além disso, as experiências de integração contribuem para o fortalecimento do processo de trabalho e impactam diretamente na qualidade do serviço prestado.

Principal

Flávia Gomes Silva

flavianag12@gmail.com

Enfermeira

Coautores

Adrineide Martins Pamplona de Sousa, Ana Elisa Pereira Chaves, Jannerson Gonçalves da Silva, Mabel Calina de França de Paz, Maria Emília Alencar de Medeiros Lucena, Maria Luciene Gomes da Silva Laurentino, Mariana Ingrid Lopes Dias, Romero Raimundo Barbosa de Melo

A prática foi aplicada em

Campina Grande

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Av. Jorn. Assis Chateaubriand, 1376 - Liberdade

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Flávia Gomes Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

18 abr 2024

Início da Execução

11/08/2022

Fim da Execução

31/07/2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba