Olá,

Visitante

Cuidado compartilhado à pessoa idosa no município de Queimadas (PB)

O município de Queimadas está situado na região semiárida do Estado da Paraíba, distante 134 quilômetros da capital, João Pessoa – PB. Possui aproximadamente 47.600 habitantes (IBGE/2022), sendo a 12ª cidade da Paraíba em números de habitantes. Dispõe de uma rede de saúde com 18 Unidades de Saúde da Família e 15 Unidades Âncoras, 02 equipes E-multi, 02 Policlínica, 01 Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), 01 Centro de Reabilitação e Fisioterapia, 01 Laboratório, 01 Centro de Especialidades Odontológicas – que visam facilitar o acesso da população aos serviços de saúde.
Destaca-se o cuidado relacionado a pessoa idosa, atualmente temos 7316 idosos, destes 633 são domiciliados, 151 acamados e 27 são idosos centenários, este aponta a longevidade dos munícipes, assim como a qualidade do trabalho desenvolvido no cuidado a pessoa idosa.
A analise situacional realizada pela secretaria municipal de saúde através da coordenação de AB, SB, de Vigilância em Saúde com apoio da Secretária de Desenvolvimento Social, através do trabalho compartilhado no acompanhamento a pessoa idosa, ofertando os serviços, escuta compartilhada, acompanhamento domiciliar, observando as vulnerabilidades sociais envolvidas com atuação CRAS, CREAS.
As equipes multiprofissionais nas unidades de saúde da família ao acompanhar um idoso é observado as condições sociais, os riscos relacionados a saúde para em conjunto com a equipe trilhar um cuidado que abranja a pessoa idosa de forma holística, melhorando a qualidade de vida, ofertando apoio emocional e dignidade humana.
OBJETIVOS
• Articular a rede de serviços para o cuidado compartilhado da pessoa idosa
• Descrever o trabalho intersetorial como estratégia para o cuidado da pessoa idosa.

METODOLOGIA
Diante da crescente população idosa no município de Queimadas-PB, surgiu a necessidade de elaborar um fluxo de atendimento compartilhado para casos especiais que demandam uma maior atenção dos profissionais de saúde e assistência social e dos serviços que prestam atendimento a esse público. Para construir o fluxo de atendimento compartilhado foi necessárias 04 etapas.
Na primeira etapa foi realizada reuniões intersetoriais com a participação dos coordenadores dos serviços que atendem a pessoa idosa, convidados representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social através do CRAS e CREAS para discutir as necessidades da população idosa de Queimadas-PB.
Após algumas reuniões de alinhamento, a segunda etapa foram convidados profissionais de saúde das equipes de saúde da família (SF) e profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Social que lidam com a pessoa idosa e os riscos de vulnerabilidade, a priore houve apresentação de cada serviço para que os profissionais conhecerem a rede de serviços e como cada um funciona; a terceira etapa foi elencado as potencialidades e as fragilidades dos serviços para elaboração conjunta do fluxo de atendimento, a quarta etapa efetivação através dos atendimentos compartilhados, e das reuniões para alinhamento, avaliação e realização de Projetos terapêutico singular, desse modo ofertando dignidade e qualidade de vida a através da inserção do publico idos nos serviços e saúde e ação social.

O elevado número de idosos no município e a necessidade de trabalho em rede entre os serviços de saúde e de assistência social para inserir a pessoa idosa considerando seu contexto social e as condições de vulnerabilidade, para assim organizar o fluxo de atendimento a pessoa idosa e a melhoria da comunicação a partir da referencia contrarreferência.

Com a criação o fluxo de atendimento compartilhado a pessoa idosa (Anexo1), aconteceu em maio de 2022, foi possível perceber melhorias qualitativas relacionadas ao cuidado do idoso, a dignidade humana e a qualidade de vida, tornando a pessoa idosa protagonista do seu cuidado, trazendo a família apoio e orientações de um cuidado de qualidade através das capacitações fornecidas pela Secretária de saúde e de Desenvolvimento Social.
Atualmente as equipes de SF concentram a maior parte dos atendimentos a pessoa idosa e estes são compartilhados com os demais serviços através do PEC, de reuniões de matriciamento das equipes, da referência e contrarreferências dentro da rede como estratégia condutora da comunicação entre profissionais, assim como a visita e/ou consulta compartilhada no domicilio ou na unidade de saúde para otimização do cuidado.
Foi possível perceber melhorias significativas na realidade da pessoa idosa, podendo mencionar: o estreitamento na comunicação entre a equipe multiprofissional associada a outros serviços; o aumento do vínculo com a pessoa idosa e sua família, a conscientização da população assistida sobre o funcionamento dos serviços, e o trabalho conjunto fortaleceu o SUS e a gestão dos serviços envolvidos.
No mês de março de 2024, enfatizamos o cuidado e a valorização da pessoa idosa, realizando um documentário sobre longevidade com nossos idosos centenários em conjunto com a rede, compartilhando a co-responsabilidade na assistência.

A partir do trabalho intersetorial entre as Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Social foi possível estabelecer uma rotina de ações no cuidado a pessoa idosa, visando a conscientização da mesma e seus familiares e/ou cuidador.
A partir da construção do fluxo de atendimento, observou-se a melhoria dos atendimentos e a atuação profissional conjunta, contribuindo significativamente no cuidado ao idoso, considerando a participação de serviços de diversas áreas com o mesmo objetivo: garantir o cuidado a pessoa idosa em sua totalidade.
Sugerimos que a pratica em questão possa ser replicada em outros municípios para poder ampliar e melhorar os serviços ofertados a população idosa.

Principal

CAMILLA SANDRINNY PEREIRA BARBOSA

milla.spbarbosa@gmail.com

Enfermeira

Coautores

CAMILLA SANDRIANNY PEREIRA BARBOSA; EMANUELY FARIAS DE ALBUQUERQUE, SHEILA APARECIDA LOURENÇO; JOÃO BERNARDINO NETO

A prática foi aplicada em

Queimadas

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

rua Sebastião Lucena, 65, Centro, Queimadas-PB

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

CAMILLA SANDRIANNY PEREIRA BARBOSA

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

15 abr 2024

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba