Olá,

Visitante

Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço

O município de Assunção-PB, possui cerca de 4.152 pessoas residentes, tendo sua principal atividade profissional a agricultura, tendo duas Estratégias Saúde da Família – ESF e duas âncoras localizadas na zona rural municipal. Cada ESF possui um médico, uma enfermeira, uma gerente, três profissionais de enfermagem de nível técnico, uma vacinadora (técnica de enfermagem, exclusiva para sala de vacina), uma recepcionista, uma auxiliar de serviço geral e uma pessoa de apoio. Em ambos as Estratégias, as salas de vacina funcionam diariamente, durante todo período em que a unidade esteja aberta a população, com intuito disponibilizar atendimento, cuidado e serviços a todos, a qualquer momento do dia e da semana, em que a unidade funcione.
O Projeto “Era uma vez… apresentando uma história de cuidado e amor!” surgiu de uma vizinha a uma determinada creche no município de Assunção, durante o Programa Saúde na Escola – PSE, onde após a verificação das cadernetas de vacinação das crianças, a enfermeira presente no momento, viu um livro infantil e ao pegar, notou que as crianças haviam se sentado e ficaram esperando a mesma ler a história, todos atentos a cada palavra e imagem, a partir disto foi pensado em como usar este fato como instrumento para educação em saúde infantil, objetivando ensinar as crianças de forma lúdica e desmistificar o medo vacinal, de forma consciente, eficiente, de baixo custo e fácil replicação, coloborando para maior procura vacinal e aumento de metas.

Um dos principais problemas identificados no município de Assunção para alcance de metas e vacinação em geral é a resistência ao ato de vacinar, devido alguns usuários terem os seguintes pensamento: “não é necessário, visto que não é uma doença de alta propagação”, medo de reações, como dor, febre, etc., “judiação com a criança”, precisar de ir a unidade vacinar-se, fake News, falta de responsabilidade em verificar as cadernetas de vacinação das crianças e crenças culturais contrárias ao ato. A partir do observado, destacamos que o principal fator preocupante é a falta de conhecimento real sobre a importância vacinal. Mães, responsáveis e as crianças não entendem a importância de vacinar, por isso são levadas a acreditar em qualquer informação divulgada, dificultando o alcance de metas e implementação de ações na área.

Por meio de algo tão simples, como um livro de história infantil, estão sendo colhidos vários resultados, além do aumento da busca vacinal através dos responsáveis familiares, a satisfação em perceber o entendimento da criança sobre o ato, é extremamente pertinente, pois aquela criança crescerá e será um adulto adepto a imunização, em suma este Projeto tem o ideal de colaborar para que o entendimento do população sobre vacina, mude, que seja visto como algo vital e estritamente preventivo de doenças e agravos, fazendo-se entender que o “Era uma vez” remete a história antes da vacina e esta não precisa se repetir e “uma história de amor e cuidado” devem ser implantados diariamente, pois quem ama cuida, protege e imuniza.

É necessário conhecer a populção para o desenvolvimento de ações, identificar as fragilidades e trabalhar em cima delas, só assim serão colhidos resultados satisfatórios, buscando sempre métodos de prevenção, não precisa sempre serem caros e de alta complexidade, mas algo que funcione para aquela realidade, trabalhando sempre a educação em saúde.

Principal

VALNICE HELOÍSA CLÁUDIO DE FARIAS LELLYS

valnicelellysenf@gmail.com

coordenadora de imunização - enfermeira

Coautores

VALNICE HELOISA CLAUDIO DE FARIAS LELLYS, MAYARA RAQUIELLE LEONARDO OLIVEIRA, VANUZA MARIA DE OLIVEIRA CARVALHO, GABRIELLY GOMES DE ARAUJO, KAROLLINE DA SILVA MENEZES, JOSÉ BÉGUE MOREIRA DE CARVALHO.

A prática foi aplicada em

Assunção

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Rua Tereza Balduino da Nóbrega, Centro - Assunção

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

VALNICE HELOÍSA CLÁUDIO DE FARIAS LELLYS

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

15 abr 2024

Início da Execução

02/04/2024

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar de escolares com necessidades especiais
Paraíba
Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba
Práticas
Atuação do programa saúde na escola (PSE) no enfrentamento da dengue e outras arboviroses
Paraíba