Olá,

Visitante

” Loucos por Bola”

A relação saúde/doença mental é um processo particular de expressão das condições e do estilo de vida de uma sociedade, representando as diferentes qualidades do processo vital e as diferentes competências para enfrentar desafios, agressões, conflitos e mudanças, numa dupla e contraditória natureza: biológica e psicológica. A importância da saúde mental é reconhecida pela OMS desde a sua origem e se reflete na atual definição de saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social”. Considerando a atividade física como uma possibilidade viável de intervenção na melhora da qualidade de vida e prognóstico de indivíduos com transtorno mental, o CAPS de queimadas vem desenvolvendo o um projeto com base em atividades esportivas (jogo de futebol), chamado “Loucos por Bola” no qual tem ajudados a usuários com transtornos mentais diversos, como dependentes químicos, deficiente intelectual, ansiedade, depressão e esquizofrenia, a terem melhores respostas no processo de tratamento e melhor qualidade de vida no seu dia a dia.

Facilitar a socialização, interação social, trabalhar a autoestima, diminuir o estresse e ansiedade, possibilitar vínculos de amizade, estimular o trabalho em equipe, cooperação, regras e limites. Essa pratica exige pouco investimento e pode ser implantada em qualquer município.: A atividade é realizada uma vez por semana, nas segundas feiras das 8 as 9:30 horas no ginásio poliesportivo do município que fica próximo ao CAPS, os usuários são acompanhados até o local por profissionais da equipe do CAPS e por familiar, chegando ao local os usuário vestem o padrão do time, fazemos uma pequena reflexão sobre o objetivo da atividade, cuidados com a segurança e o respeito com cada participante e depois são feitos os ajustes na formação de cada time que inclui cinco ( 01 goleiro e 04 jogadores de linha) para cada lado, então iniciamos as atividades esportivas e paramos para descansar e hidratação a cada 15 minutos ou sempre que houver necessidade. Passamos um período total de uma hora realizando essa atividade. Atualmente temos uma média de 12 usuários de diagnósticos e idades diferentes participando deste projeto, esses usuários são indicados por seus técnicos de referencia quando observam que estes apresentam interesse em fazer atividades físicas e não apresenta riscos ou sintomas que comprometa a realização desta atividade.

o esporte é uma atividade que facilita a interação entre as pessoas e quebra barreiras do preconceito, além de ser uma atividade que promove saúde física e mental. Os resultados desta pratica tem produzido melhores respostas no tratamento dos participantes que tem melhorado o humor, a autoestima, melhor interação com outros usuários, com familiar e fortalecido o vínculo terapêutico com profissionais do CAPS, além de apresentar melhor adesão ao projeto terapêutico singular (PTI). Essa pratica pode ser aplicada a outros serviços de saúde mental como atividade terapêuticas.

Principal

Genival Silva Matos

genivalmatos1@gmail.com

A prática foi aplicada em

Queimadas

Paraíba

Nordeste

Instituição

Rua Lucio M. Galdino, 15 Vila Gomes.

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Genival Silva Matos

Conta vinculada

genivalmatos1@gmail.com

06 fev 2018

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Implantação de Consultório na Rua
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação de Residência Terapêutica
Rio de Janeiro
Práticas
Equipe Itinerante de Saúde Mental- Ar-Te
Rio de Janeiro
Práticas
Video Institucional da Fiocruz: “Consultório na Rua: Conhecer para Acolher”
Rio de Janeiro
Práticas
Open Dialogue: uma Experiência no Brasil
Santa Catarina
Práticas
Redução de Uso de Antidepressivos Num Centro de Especialidades
Rio de Janeiro
Práticas
Quantas Vidas Um Gato Pode Salvar?
Bahia
Práticas
O Consórcio Intermunicipal de Especialidades – Ciesp e a Gestão Cooperada dos Serviços de Atenção Psicossocial na Modalidade de Caps I
Rio de Janeiro
Práticas
Caps Itinerante de Riachão do Jacuipe: Intervenção em Saúde Mental para Ampliação do Acesso ao Cuidado Integral e Multiprofissional por Meio da Ação Itinerante e Educação Permanente.
Bahia