Olá,

Visitante

Identificação do Risco Cardiovascular em Pacientes de uma Unidade de Saúde, Pr.

Buscou-se identificar o risco cardiovascular em baixo, médio ou alto, seguindo o Escore de Risco de Framingham (ERF). conforme o caderno de atenção primária do Ministério da Saúde. METODOLOGIA: Estudo documental, por amostra aleatória em 400 prontuários, de pessoas com hipertensão (HAS) e diabetes (DM), cadastradas em uma unidade básica de saúde composta por duas equipes de saúde da família no município de Ponta Grossa-PR. No período de junho/2013 a agosto/2014. fizeram parte da amostra 200 pessoas com DM e HAS. Critério de inclusão foi considerado exame laboratorial atualizado, sexo masculino e feminino e idade maior ou igual a 20 anos. . Palavras-chave: Estratificação. Risco Cardiovasculares. Atenção Primária.

As doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no Brasil e no mundo. A Hipertensão Arterial Sistêmica e o Diabetes Mellitus constituem um grave problema de saúde pública e são os principais fatores de risco para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares.

O estudo mostrou-se relevante, visto que, os profissionais da saúde adquiriram o conhecimento sobre os graus de riscos cardiovasculares de seus pacientes hipertensos e diabéticos, podendo assim, posteriormente, planejar, com a equipe um plano de cuidados com cada grau de risco, mantendo o princípio da equidade. Recomenda-se que outras equipes da UBS, estratifiquem seus pacientes crônicos.

Principal

Geovane Menezes Lourenço

mengeovane@gmail.com

A prática foi aplicada em

Ponta Grossa

Paraná

Sul

Instituição

rua Santa Rosa, sem número

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Geovane Menezes Lourenço

Conta vinculada

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Universalidade Menos Equidade = Desigualdade
Pará
Práticas
O Controle Social e a Saúde do Trabalhador: Seminário de Capacitação para o Fortalecimento das Ações na Macrorregião de Sobral
Ceará
Práticas
Mapeamento Digital das Ubss do Município de Iguaba Grande.
Rio de Janeiro
Práticas
Ações Integradas de Atenção a Saúde Indígena no Município de Tocantinópolis-To
Tocantins
Práticas
Implementação do Procolo de Enfermagem na Atenção Básica no Município de Muqui/Es
Espírito Santo
Práticas
Oficina de Ervas Medicinais para Mulheres Rurais (Teresópolis)
Rio de Janeiro
Práticas
Saúde Digital no Municipio de Itapema: Implantação do Atendimento Nutricional online
Santa Catarina
Práticas
Medicamentos Fitoterapicos: Xaropes, Sabonete Medicinal e Óleo para os Pés.
Goiás
Práticas
Saúde Bucal: uma Abordagem Multidisciplinar e Transversal no Programa Saúde na Escola
Santa Catarina
Práticas
Trabalhando a Sexualidade no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Santa Catarina