Olá,

Visitante

Ensino, Serviço e Saúde – Articulação do Município com a Universidade – a Experiência da Ris

Este trabalho descreve as ações desenvolvidas até o momento pela RIS além de tecer os desafios do planejamento e execução a partir das informações obtidas através do cadastramento das famílias. A Residência Integrada em Saúde (RIS) é uma modalidade de educação profissional de Pós-graduação de caráter multiprofissional e interdisciplinar desenvolvida por meio da formação em serviço. Atende às diretrizes expressas na lei Federal n. 8.080/90, que regulamenta o Sistema Único de Saúde – SUS, dentre as quais sobressai à organização de um sistema de formação de recursos humanos, atendendo todos os níveis de ensino, bem como a elaboração de programas de permanente aperfeiçoamento de pessoal. Entre os problemas enfrentados destaca-se a distância existente entre a prática pedagógica e a realidade da prática local de uma equipe de estratégia de saúde da família.Formação profissional que não contempla a integralidade da atenção a saúde.Necessidade de produção de conhecimentos em saúde a partir do conhecimento da realidade em que vive a população.Nesse sentido, a Universidade Luterana do Brasil, ao implantar a RIS com ênfase na Estratégia Saúde da Família em 2011/1, mediante convênio com o município de Canoas, se propôs a assumir um território – a área 26, junto à UESF União no Bairro Mathias Velho. Na UESF atuam cinco equipes de saúde da família, com território definido de acordo com as regras do Ministério da Saúde, com uma população total de dezenove mil pessoas. Na área da equipe 26 atuam os cursos de graduação de Medicina, Enfermagem, Odontologia e Fonoaudiologia junto à RIS. Os professores da universidade dos cursos referidos dão suporte para a Residência, em parceria com os profissionais contratados da secretaria da saúde.a) Objetivos e metas: -Especializar profissionais em saúde

Distância existente entre a prática pedagógica e a realidade da prática local de uma equipe de estratégia de saúde da família.

As universidades necessitam oferecer aos seus alunos campos de atuação para realizarem práticas de saúde que integrem o ensino, a pesquisa e a atenção,conforme os princípios e as diretrizes do SUS.Portanto a exemplo de outros municípios que possuem parceria com instituições de ensino e a residência integrada em saúde,a SMS/Canoas entende que esta experiência possa ser replicada e aplicada por outros municípios .E no município também pretende-se estender este trabalho para outras áreas de ESF .

Principal

Míria Elisabete Bairros de Camargo

A prática foi aplicada em

Canoas

Rio Grande do Sul

Sul

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Míria Elisabete Bairros de Camargo

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar de escolares com necessidades especiais
Paraíba
Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba