Olá,

Visitante

Diminuição da Fila de Espera Através da Regulação do Acesso Juntamente com A Qualificação das Solicitações dos Exames Ultrassonográficos

as solicitações dos exames ultrassonográficos estão presentes em todos os níveis de atenção à saúde, seja ele primário, secundário ou terciário. em janeiro 2018, a alta demanda dos exames ultrassonográficos no Município, sobrecarregava toda a rede, gerando meses de espera para a sua realização. Acredita-se que essa demanda se relacionava a diversos entraves identificados na atenção à saúde. Essas solicitações inadequadas deram origem um nó crítico dentro do Sistema Municipal, gerando um grande desafio a ser enfrentado, que consistia em romper com os ciclos identificados e trabalhar sob uma ótica, onde garantíssemos que as intervenções se dessem em consonância com as singularidades da população. Sob essa ótica, a estratégia de reorganização foi à criação e implantação de um protocolo de solicitação de exames complementar, avaliação da demanda existente e aumento da oferta dos exames. Com essas estratégias conseguimos romper esse nó existente dentro do sistema.

Observação da demanda dos exames ultrassonográficos que pressionava o fluxo de solicitações na SMS e gerava insatisfação dos usuários. Desta forma, estabeleceu-se diminuir a demanda reprimida e melhorar a qualificação das solicitações dos exames pela Trata-se, de um estudo exploratório descrito, tipo relato de experiência dos profissionais envolvidos, em busca de soluções ao problema apresentado, realizado no Município de Mairiporã no ano de 2018.

em janeiro de 2018 tínha-se 2.476 solicitações de exames ultrassonográficos aguardando para agendamento. Estima-se que 60% dos exames de rotina realizados nos pacientes poderiam ser dispensados sem qualquer risco para eles, e as alterações nos exames poderiam ser vistas na avaliação clínica. Dessa forma, iniciou-se um processo de avaliação das solicitações, onde as mesmas deveriam estar acompanhadas de uma justificativa plausível. em paralelo, iniciou-se um processo de se estabelecer diretrizes para a solicitação dos exames, para uma padronização e melhor organização do serviço de saúde e de toda a rede regionalizada, Atualmente, temos zero de demanda reprimida, mostrando sucesso no investimento.Os resultados do estudo permitem afirmar uma melhora gradual no sistema de saúde para todos, porém ainda há muito que avançar no que diz respeito à qualificação das solicitações dos exames. Temos um longo caminho a percorrer com a finalidade de garantir a maior acessibilidade da população e maior qualificação da atenção à saúde, qualificando cada vez mais a solicitação desses exames.

Principal

Glaucia Aparecida Dos Santos Fernandes

sms.casadamulher@mairipora.sp.gov.br

Coautores

Cecília Umbelino De Barros, Carolina Alves Nascimento, Paula De Carli Perinetto

A prática foi aplicada em

Mairiporã

São Paulo

Sudeste

Instituição

Rua Primeiro De Maio, S/N Jd Odorico Mairiporã

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Grazielle Cristina Dos Santos Bertolini

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal