Olá,

Visitante

Capacitação de Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate As Endemias para Realização de Visita Domiciliar em Cojunto

Tendo em vista a necessidade do agrupamento das atividades laborais dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate as endemias estamos implantando um plano piloto na localidade de Xavantes, onde o objetivo central desse projeto é agrupar os ACE/ACS na sua rotina diária de trabalho, Temos em nosso município 408 agentes de combate as endemias e 284 agentes comunitários de saúde, para atender uma população de 550.000 habitantes.Esse projeto piloto será desenvolvido com a participação de 24 agentes comunitários de saúde e 10 agentes de combate as endemias, que estarão visitando cerca de dez mil imóveis,num prazo de 40 dias, visando o controle dos vetores transmissores de doenças arbovirais, na rotina identificação e destruição de focos, tratamento de depósitos, orientação de prevenção e identificação e acolhimento de usuários que possam estar infectados por essas doenças.

A falta de comunicação entre os agentes de combate as endemias e os agentes comunitários de saúde nas suas atividades diárias no enfrentamento das dos doenças arbovirais (dengue, zika, febre chikungunya e febre amarela). Essa dificuldade de informações na visita domiciliar,tanto dos ACS quanto dos ACE, tem impedido um melhor atendimento ao usuário e um melhor resultado de cobertura de imóveis visitados e usuários atendidos

Recomendaria um total apoio dos gestores através de fornecer estrutura, equipamentos, materiais, uniformes, recursos humanos, logística, capacitação. Com o sucesso e a aprovação do projeto através dos resultados esperados, que seja dado continuidade nas administrações futuras, tornando assim um programa ininterrupto de assistência e monitoramento das condições de saúde dos usuários e controle dos vetores transmissores de doenças arbovirais.

Principal

Alexandre Pinheiro/ Admilson Figueiredo

semus.seczv.pmbr@gmail.com

A prática foi aplicada em

Belford Roxo

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Alexandre Pinheiro/ Admilson Figueiredo

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

13 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Implementação do Protocolo do “Ponto G da Gestação”/Dia da Semana Escolhido para a Realização do Pré Natal Através do Cuidado em Rede/ Ampliação do Acesso
Rio de Janeiro
Práticas
Análise de Fichas de Monitoramento de Doenças Diarreicas Agudas por Profissionais de Enfermagem
Rio de Janeiro
Práticas
Instalação de Telas Impregnadas com Inseticida nas Residências de Usuários com Contraindicação Absoluta da Vacina de Febre Amarela
Rio de Janeiro
Práticas
Promoção de Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária
Mato Grosso do Sul
Práticas
Comitê de Prevenção da Mortalidade Materna, Infantil e Fetal: a Experiência do Município de Castanhal/ Pa.
Pará
Práticas
Monitoramento da Circulação Viral da Influenza e outros Vírus Respiratórios em Belém do Pará, por Meio da Vigilância Sentinela da Síndrome
Pará
Práticas
Comitê Intersetorial de Combate a Dengue: Fórum Democrático e Participativo
Rio de Janeiro
Práticas
As Ações Intersetoriais Como Ferramenta para o Processo de Trabalho da Vigilância em Saúde Ambiental no Atendimento Aos Casos de Transtornos de Acumulação Compulsiva
Paraná
Práticas
Projeto Ache o Barbeiro
Paraná
Práticas
A Sistematização da Coleta de Dados para Avaliação dos Indicadores do Grupo Técnico Condutor Municipal da Rede Cegonha de Piraí, Direcionando para a Qualificação do Planejamento das Ações.
Rio de Janeiro