Olá,

Visitante

Ampliando leque da rede: fortalecimento dos vínculos entre equipes e escola.

O município de Queimadas no estado da Paraíba, tem aproximadamente 47600 habitantes (IBGE/2022), desses 9543 estão em idade escolar e distribuídos nas vinte e seis escolas da rede municipal e duas da rede estadual. O PSE abrange o maior público possível dessas unidades escolares, nas varridas idades desde o maternal a educação de jovens adultos- EJA.
A partir do diálogo entre os profissionais da rede, saúde, educação, desenvolvimento social, foi possível perceber a fragilidade acerca do conhecimento dos serviços ofertados a esse público. Serviços de nutrição, psicologia , enfermagem, fisioterapia, ações de promoção e prevenção relacionado aos cuidados odontológicos que estão disponíveis nas unidades de saúde da família, na policlínica, centro especializado em fisioterapia e reabilitação e saúde trabalhador, orientação e apoio pelo centro de referência de assistência social CRAS às famílias e alunos que se encontram em vulnerabilidade social, orientação e apoio pelo centro referência especializado em assistência social CREAS às famílias, alunos e individuo em situação de risco pessoal ou social por violações de direitos, gerência de articulação e apoio as mulheres as mulheres -GAPM, que auxilia e orienta mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, levando essas orientações as unidades escolares com a finalidade de tornar alcançável por todos alunos e seus familiares.
Em virtude disso elaboramos estratégias a fim de garantir o conhecimento acerca dos serviços, programas e projetos ofertados na rede municipal, viabilizando a participação e inserção nos grupos e oficinas ofertados nos serviços acima descritos acordo com as demandas apresentadas.

Objetivos Geral: Garantir que os alunos tenham conhecimentos dos programas acima citado disponíveis pela rede intersetorial, programas sociais e de saúde ofertados pelo município, viabilizando assim a participação deles universalizando o acesso aos direitos sociais na assistência social e saúde.
Fortalecer as ações intersetoriais através do PSE a fim de tornar o destinatário das ações assistências e de saúde alcançáveis pelas políticas públicas.
O projeto tem uma abordagem descritiva, na qual foi iniciado a partir de reuniões entre as secretarias de saúde, educação e desenvolvimento social, com o intuito de levar conhecimento acerca dos serviços oferecidos aos discentes com a finalidade de torna-los multiplicadores. A partir daí foram definidos grupos de trabalho com a participação de profissionais atuantes na saúde, no centro de referência de assistência social (CRAS), gerência de articulação e apoio as mulheres (GAPM) para atuar nas escolas, posteriormente foi realizado contato com os gestores escolares para agendar as datas de execução do projeto.
Teve início em 2022 com a promoção de atividades educativas e orientativas, com apresentação dos serviços, a priori um projeto piloto na escola Judite conforme calendário escolar e considerando as campanhas de conscientização nacional para serem trabalhadas no ambiente escolar; no ano de 2023 o projeto foi ampliado para mais três escolas municipais e uma estadual seguindo o mesmo roteiro de trabalho e atualmente estamos dando sequência contemplando em média 5400 alunos, na faixa etária de 4 a 17 anos.
Ao longo dos anos supracitados foram trabalhados diversos temas entre eles: desenvolvimento emocional, sexualidade, arboviroses, vacinas, hanseníase, tuberculose, obesidade, direitos e deveres, bullying, trabalho infantil, campanha de combate ao abuso e exploração sexual, comtemplando a saúde e a assistência social com a finalidade de instruir e multiplicar conhecimentos aos alunos através de ações intersetoriais.

O problema identificado foi o desconhecimento dos alunos a cerca dos serviços oferecidos no município voltados para o publico em idade escolar. Nesse contexto, foram feitas reuniões intersetoriais com a rede de serviços da secretaria de saúde, educação e desenvolvimento social, com o intuito de realizar visitas e atividades nas escolas promovendo o conhecimento dos serviços e tornando os alunos multiplicadores na sociedade.

O trabalho em conjunto com os profissionais das secretarias participantes possibilitou maior interação e articulação entre os serviços envolvidos, assim como a troca de conhecimento, os encaminhamentos com maior eficácia entre os serviços, os discursões de caso a cada reunião de planejamentos para uma resolutividade diante das necessidades do aluno/escola.
De maneira qualitativa contribuímos com o desenvolvimento emocional dos alunos da rede estudantil, realizamos direcionamentos sobres os serviços ofertados em rede, no qual houve um aprendizado significativo das crianças e dos adolescentes acerca dos temas trabalhados, fortalecendo o respeito e os vínculos familiares e comunitários.

O desenvolvimento das ações propiciou uma maior interação e resultando no fortalecimento da rede, beneficiando o publico alvo e suas famílias através das ações educativas e dos encaminhamentos fornecidos. Contudo ainda há fragilidades a serem trabalhadas relacionadas a saúde emocional, a reprodução sexual e as vítimas de violência doméstica e familiar, no entanto os entraves estão sendo diagnosticados e discutidos em rede para ampliar a ofertar de acordo com a demanda.
Por meio da execução das ações nas escolas municipais e estaduais foi possível perceber um enriquecimento entre a interação dos alunos e profissionais estreitando os vínculos entre todos os envolvidos.
Sugerimos a replicação por outros municípios como forma de informar a sociedade através de ações educação e promoção dos serviços.

Principal

GILVERLANIA DA SILVA ARAGÃO QUEIROZ

lanaaragao14@gmail.com

Assistente Social

Coautores

GILVERLANIA DA SILVA ARAGÃO QUEIROZ, CAMILLA SANDRIANNY PEREIRA BARBOSA, EMANUELY DE FARIAS ALBUQUERQUE, FRANCISCA EUGENIA BERNARDINO CASIMIRO DE LIMA

A prática foi aplicada em

Queimadas

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

rua Sebastião Lucena, 65, Centro, Queimadas-PB

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

GILVERLANIA DA SILVA ARAGÃO QUEIROZ

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

13 abr 2024

e atualizada em

13 abr 2024

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Incluir e apreender: parceria entre saúde e educação no acompanhamento multidisciplinar de escolares com necessidades especiais
Paraíba
Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba