Olá,

Visitante

Vigiando, orientando e educando: ações de vigilância sanitária para o comércio ambulante de bebidas e alimentos em São José do Seridó

Finalidade da experiência

A Lei 8.080/90 define Vigilância Sanitária como um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde. Nesse último, o setor de alimentos destaca-se pela variedade de estabelecimentos que dispõem desses, acesso fácil e risco inerente a depender das condições de manipulação e acondicionamento dos alimentos, as quais adquirem uma vulnerabilidade considerável no comércio ambulante de alimentos, pelas dificuldades de manipulação como, por exemplo, no acesso a água para higienizaçãode mãos e utensílios

O presente trabalho é de fácil planejamento e operacionalização, sendo possível de ser adotado em todos os municípios tanto para situações pontuais, quanto para o desenvolvimento de um monitoramento permanente para esse tipo específico de comércio ambulante, Os impactos são perceptíveis para o setor regulado e para a população, promovendo o que chamamos de consciência sanitária, A implementação de ações municipais de Vigilância Sanitária são fundamentais para a prevenção de riscos à saúde da população e para o desenvolvimento da consciência sanitária.

Principal

Redianne Medeiros da Fonsêca

smssaojosedoserido@rn.gov.br

A prática foi aplicada em

São José do Seridó

Rio Grande do Norte

Nordeste

Esta prática está vinculada a

RUA JOAQUIM LOLÓ , Nº 320 - CENTRO

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Redianne Medeiros da Fonsêca

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

18 mar 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Vigilancia em Saude e Saúde na Escola: uma Parceria de Sucesso no Municipio de Queimadas-Pb
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Laboratorial do Lacen-Pb: Um Relato de Experiência
Paraíba
Práticas
A Feira Livre de Esperança-Pb: Vigilância Sanitária e As Ações de Prevenção e Combate À Covid-19
Rio de Janeiro
Práticas
Ferramentas Tecnológicas Aplicadas no Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Laboratorial do Lacen-Pb
Paraná
Práticas
Medidas Sanitárias Aplicada ao Controle Datransmissão da Leishmaniose Animal
Paraíba
Práticas
Fortalecimento e Ampliação da Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar na Paraíba
Paraíba
Práticas
Covid 19 – Experiência de Enfrentamento das Arboviroses, Combatendo As Endemias Durante a Pandemia
Rio de Janeiro
Práticas
Novas Estratégias para o Monitoramento e a Fiscalização das Práticas de Segurança do Paciente pela Vigilância Sanitária nos Hospitais do Distrito Federal.
Distrito Federal
Práticas
Experiência de Integração Intersetorial no Controle ao Aedes Aegypti e Bloqueio da Doença Chikungunya no Município de Cunha Porã, Sc.
Santa Catarina
Práticas
Lei Municipal Nº 7438/2013: a Vigilância Sanitária na Construção e Inspeção dos Estabelecimentos Residenciais Terapêuticos no Município de Rio Grande – Rs
Rio Grande do Sul