Olá,

Visitante

União Entre Setor de Imunização e Ação Social no Fortalecimento Vacinal Contra a Covid-19 em Crianças Entre 6 Meses e 11 Anos

Categoria não especificada

O presente projeto TRAZ A APRESENTAÇÃO E CONTEXTUALIZAÇÃO das ações de imunização no município, onde tem seu esquema vacinal ocorrendo de segunda à sexta, nas salas de vacinas do município; um sábado por mês ocorre à ação chamada “Dia D”, em que a vacinação ocorre aos sábados; também ocorre o dia de “Vacina em Ação”, nas comunidades rurais e distrito do município, que ocorre de forma quinzenal ou mensal, área por área, com auxilio dos agentes de saúde da zona e da equipe do PSF. Ainda, ação do programa “Casa a casa” em que a vacinação ocorre em idosos acamados ou domiciliados também uma vez ao mês. É solicitado também, com frequência, aos ACS`S a buscativa que é realizada por eles mesmo, retirada do Esus feedback com nome de faltosos que não estão em dia com o esquema vacinal e, após esse levantamento, é fortalecido a pessoa que complete suas vacinas. Com auxilio da secretaria de educação, fortalecemos as ações de imunização com a obrigatoriedade de apresentar declaração de regularidade vacinal no momento em que se realiza a matricula escolar dos alunos em nível fundamental, médio e educação de jovens e adultos (EJA). Outra estratégia está sendo à vacinação em escalas noturnas, que faz parte das ações itinerantes visando ampliar o atendimento ao público. IDENTIFICAÇÃO E PRIORIZAÇÃO DOS PROBLEMAS E DESAFIOS: Ainda existem desafios que podem ser enfrentados para melhorias ao projeto imunização no município, como o fato de haver dez PSF´S e apenas dois deles têm uma sala de vacina; os famosos “fakenews” também é um problema ainda frequente na comunidade, onde ocorre a propagação de informações inverídicas entre a população; manutenção e vigia em equipamentos que vez ou outra provocam a perca de imunizantes, como a câmara fria. Em caso de falta de energia, verificar sempre se a bateria interna realmente está suportando o tempo que a câmara aguentaria. ESTRATÉGIAS DE FORTALECIMENTO DAS AÇÕES DE IMUNIZAÇÃO: Ao tentar uma estratégia vinculada à secretaria de ação social, em que realiza-se atualizações cadastrais do programa “Bolsa Família” de pessoas somente diante da declaração de regularidade vacinal, emitida nas UBS e salas de vacina por enfermeiro e técnicos de enfermagem, utilizou-se uma analise por meio da prataforma DEMAS em que gerou resultados nitidos que após a implantação dessa estrategia Social-Saúde houve evolução no esquema vacinal da COVID- 19 de crianças entre 6 meses e 11 anos e, também em idosos e gestantes, ficando nitido que a vacinação, após a implantação da estratégia documental em que a declaração vacinal é obrigatoria para obter beneficios assistenciais em outros programas, teve um número bem maior ao compara-se ao número dos meses anteriores a estratégia. 6 – CONSIDERAÇÕES FINAIS: Portanto, para que se obtenham cada vez mais êxitos vacinais na população estudada, faz-se necessário como, visto, estratégias que unem mais setores cada uma delegando a existência da outra para que assim, possam-se alcançar cada vez mais números de crianças vacinadas contra a COVID-19 bem como outras vacinas e em outros grupos populacionais.

Ainda existem desafios que podem ser enfrentados para melhorias ao projeto imunização no município, como o fato de haver dez PSF´S e apenas dois deles têm uma sala de vacina; os famosos “fakenews” também é um problema ainda frequente na comunidade, onde ocorre a propagação de informações inverídicas entre a população; manutenção e vigia em equipamentos que vez ou outra provocam a perca de imunizantes, como a câmara fria, em que a temperatura deve estar sempre entre 2 a 8 °C, em caso de falta de energia, verificar sempre se a bateria interna realmente está suportando o tempo que a câmara aguentaria.

Ao tentar uma estratégia vinculada à secretaria de ação social, em que se realizam atualizações cadastrais do programa “Bolsa Família” de pessoas somente diante da declaração de regularidade vacinal, emitida nas UBS e salas de vacina por enfermeiro e técnicos de enfermagem, utilizou-se uma analise por meio da prataforma DEMAS em que gerou os seguintes dados no gráfico em anexo. Após a implantação dessa estrategia Social-Saúde, o gráfico mostra a evolução no esquema vacinal da COVID- 19 de crianças entre 6 meses e 11 anos, mas também de idosos e gestantes, em que fica nitido que a vacinação, após a implantação da estratégia documental em que a declaração vacinal é obrigatoria para obter beneficios assistenciais em outros programas, teve um número bem maior ao compara-se ao número dos meses anteriores a estratégia.

Portanto, para que se obtenham cada vez mais êxitos vacinais na população estudada, faz-se necessário como, visto, estratégias que unem mais setores cada uma delegando a existência da outra para que assim, possam-se alcançar cada vez mais números de crianças vacinadas contra a COVID-19 bem como outras vacinas e em outros grupos populacionais.

Principal

Ana kelly de Sousa Lima

Coautores

Teógenes de Oliveira, Diego Thyciano Cezário dos Santos, Neuma Cavalcanti de Figueiredo

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba
Práticas
Mindfulness, uma estratégia para redução da ansiedade e manejo de peso
Rio Grande do Sul
Práticas
Teste: verificando o recurso de emissão de certificados
Todos os Estados (Sudeste)
Práticas
A importância do trabalho em rede para a efetivação da reinserção social aos dependentes químicos enquanto sujeitos de direitos: observações acerca do eixo reinserção social no Centro de Acolhimento e Atenção Integral Sobre Drogas do município de Cachoeiro de Itapemirim (ES)
Espírito Santo