Olá,

Visitante

A Intersetorialidade como Estratégia para Alcance da Cobertura Vacinal

Categoria não especificada

O trabalho relata a experiência no processo de vacinação contra COVID-19 no município de Várzea Alegre/CE no período de 2021 e 2022. Buscou-se implementar estratégias para que a população apta a ser imunizada fosse alcançada de maneira rápida com apoio dos programas e equipamentos sociais existentes em todos os territórios. Através de um planejamento efetivo elaborado pelos profissionais que compõem a Rede de Frio, as equipes de vacinadores das UBS foram capacitadas sobre a importância da imunização, recebimento, acondicionamento e manuseio correto do imunobiológico e, não menos importante, a realização de educação em saúde da população no sentido de sensibilizá-los para adesão à vacina, combater as fake news e proteger as pessoas com o suporte dos Agentes Comunitários de Saúde, Escolas, Associações Comunitárias, Igrejas, Rádios, Rede de Esporte e Eventos Culturais. Com essa parceria foi possível atingir os objetivos de vacinar a população, mesmo nos locais de mais difícil acesso. Os desafios foram grandes mas, depois de dois anos, com o trabalho incansável das nossas equipes de vacinadores obtivemos sucesso em tudo que foi proposto a se fazer para salvar vidas.

Diante dos desafios enfrentados podemos citar a dificuldade de acesso nos territórios devido a uma extensão territorial grande e com áreas rurais de difícil acesso, principalmente no período chuvoso. O combate às fake news, onde a educação em saúde através dos ACS e mídias locais foi fundamental para adesão, mas que no início foi bem complicado pelo medo da população diante da doença e de uma vacina nova. Sistemas de informação com instabilidade e de difícil manuseio o que dificultou a prestação de contas das doses aplicadas.

Dentre as ações trabalhadas no período podemos instituir como estratégia permanente de alcance das metas a qualificação profissional continua dos vacinadores, o trabalho intersetorial com secretarias de governo e equipamentos sociais existentes no território, realizar mutirão de vacina abordando temáticas culturais para chamar a atenção e ter melhor adesão em todas as faixas etárias, fortalecer o Programa Saúde na Escola – PSE para trabalhar esse tema e outros de relevância na comunidade escolar.

Diante do exposto e do compromisso dos profissionais envolvidos visualizado no processo de trabalho nos últimos dois anos, as estratégias implementaras foram essenciais para alcançar os objetivos. Alguns desafios foram enfrentados e vencidos, o que nos tornou mais experientes e motivados a continuar com a missão que é promover saúde, prevenir doenças e salvar vidas e, ainda, através da vacina, houve significativa redução dos casos da doença, de internação e de óbitos e a população compreender na eficiência da vacina e apoiar as ações no território.

Principal

Ivo de Oliveira Leal

Coautores

Fabia Moreno de Almeida Lima, Nara Nathanny Bezerra Oliveira , Nara Lígia Gregório Fiuza, Maria Angelita Ferreira da Silva, Hélder Lima dos Santos, Horiana Acioly Jorge Andrade

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Teste do Certificado
Minas Gerais
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba