Olá,

Visitante

Uma Construção Coletiva do SUS Municipal com Atuação e Participação Social

INTRODUÇÃOO presente trabalho pretende dar visibilidade ao fortalecimento do processode planejamento em Saúde no município de Viçosa- AL e sua importância paragestão do SUS na esfera municipal. O Ministério da Saúde em 2006 lançou o pacto pela saúde nas suas três dimensões: pacto pela vida, em defesa do SUS e de gestão. De acordo com o pacto de gestão é responsabilidade de cada esfera de gestão realizar as práticas de planejamento, considerando o Plano Municipal de Saúde PMS, Programação Anual de saúde- PAS e o Relatório Anual de Gestão- RAG. Ressaltamos, ainda, a importância da criação do Sistema de Planejamento do SUSPlanejaSUS com a finalidade de fortalecer a institucionalização das práticas de planejamentoem saúde para qualificação da gestão. O objetivo desse trabalho é descrever toda metodologiaaplicada no processo de construção do Plano Municipal de Saúde de Viçosa referenteao período de 2010- 2013 em conformidade com as orientações do PlanejaSUS eatendendo ao cumprimento da responsabilidade da gestão local no que serefere o Pacto de Gestão. A base teórica de sustentação para a construção do PMS de Viçosa está ancorada em elementosdo Planejamento Estratégico Situacional e no conteúdo das oficinas de Planejamento coordenada pelaSESAU em parceria com o COSEMS e o Laboratório de Planejamento (LAPLAN) doNúcleo de Saúde Pública (NUSP) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).O Plano Municipal de Saúde constitui um instrumento de prioridadese compromisso da gestão municipal, que construído de forma coletiva,garante a participação dos gestores, trabalhadores da saúde, conselheirosde saúde e da sociedade organizada na priorização de problemas e tomada dedecisões, agregando esforços e iniciativas pelo fortalecimento econsolidação do Sistema Único de Saúde- SUS. É com esse entendimento, quefoi deflagrado o processo de construção do Plano Municipal de Saúde domunicípio de Viçosa, 2010- 2013. OBJETIVOAssegurar o princípio da unicidade do SUS e a participação social, atravésde um processo de planejamento ascendente e participativo para a construçãocoletiva do seu PMS, referente ao quadriênio 2010-2013, destacando aspolíticas e os compromissos com a saúde da população. MATERIAIS E MÉTODOS O processo de construção consolidou-se por meio de uma metodologiaparticipativa, com dinâmicas de grupo, utilizando o método e técnicas doPlanejamento Estratégico Situacional Matusiano, adaptado a realidade local,com a realização de 04 oficinas, sendo 02 na zona rural, 01 na zona urbanae 01 com a gestão municipal de saúde.Durante as oficinas foi trabalhado o tema Planejamento em saúde comoestratégia de atuação para o fortalecimento do SUS no município de Viçosa,as bases legais do Planejamento em Saúde, a composição do Plano de Saúde,segundo o PlanejaSUS e a formatação da análise de saúde.Foram apresentados vídeo e dinâmicas sobre os sentimentos em relação asituação problema.Os participantes construíram as matrizes de problemas de saúde, organizaçãode serviços de saúde e necessidades de saúde (determinantes econdicionantes) e suas respectivas priorizações de acordo com os critériosestabelecidos.

Fortalecimento do processo de planejamento em Saúde no município.

Principal

Sônia de Moura Silva

A prática foi aplicada em

Viçosa

Alagoas

Nordeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Sônia de Moura Silva

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro
Práticas
Ideação suicida e tentativas de suicídio: uma análise de casos do SAMU 192 no interior do estado do RJ.
Rio de Janeiro
Práticas
Samuzinho: Educação em saúde e primeiro socorros na escola para a promoção do SAMU 192.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do programa de gestão transparente do tempo resposta no SAMU 192: uma missão desafiadora
Rio de Janeiro
Práticas
Verde, amarelo e vermelho: protocolo de classificação das consultas por grau de prioridade no Centro Especializado de Saúde de Quissamã (RJ)
Rio de Janeiro