Olá,

Visitante

TELENORDESTE – Estratégia de fortalecimento da Assistência na Atenção Primária à Saúde de Piancó – PB

TELENORDESTE – ESTRATÉGIA DE FORTALECIMENTO DA ASSISTÊNCIA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE DE PIANCÓ.

APRESENTAÇÂO

O TeleNordeste foi implantado em nosso Município em julho de 2023 e visa viabilizar a implantação faseada de teleinterconsultas nas UBS de Piancó, localizado no Sertão Paraibano, conectando teleconsultores especialistas, equipes de saúde da família e pacientes dos territórios em mesmo ambiente virtual, para que possam ser executadas teleinterconsultas dedicadas à gestão da condição de saúde. O Projeto de Apoio permitirá não apenas o aprimoramento do desfecho clínico para condições crônicas selecionadas, impactando diretamente o cuidado das pessoas usuárias das Redes de Atenção locais, como atuará desenvolvendo o repertório assistencial dos profissionais beneficiados pela intervenção.

Será através da promoção da integralidade, da continuidade e da coordenação do cuidado por meio deste apoio às equipes de Estratégia de Saúde da Família, melhorando o repertório de cuidado, a resolutividade e a decisão no encaminhamento de condições clínicas prevalentes, que o TeleNordeste contribuirá para o fortalecimento do Modelo de Atenção às Condições Crônicas (MACC), integrando a APS e a Atenção Ambulatorial Especializada (AAE).

Busca-se, assim, ofertar ao Sistema Único de Saúde tecnologia que permita aumento da oferta de consultas especializadas nas áreas de cardiologia, endocrinologia, neurologia, reumatologia, psiquiatria, pediatria, ginecologia, nutrição e enfermagem, diminuindo o tempo de espera a partir do uso de teleinterconsultas, além de melhorar a qualidade da assistência e a satisfação do usuário. Tecnologia que também colabora para diminuição de custos no SUS evitando consultas presenciais desnecessárias, bem como o deslocamento de pacientes.

OBJETIVOS
Promover a ampliação e a resolutividade das ações e serviços da atenção primária de forma integrada e planejada, Promover a ampliação da oferta de serviços de atenção especializada com vista à qualificação do acesso e redução das desigualdades regionais,
Fomentar a produção do conhecimento científico, promovendo o acesso da população às tecnologias em saúde de forma equitativa, igualitária, progressiva e sustentável,
Aperfeiçoar a gestão do SUS visando a garantia do acesso a bens e serviços de saúde equitativos e de qualidade nas Políticas públicas vinculadas
METODOLOGIA
Considera-se como teleinterconsulta a ser executada pelo Projeto a conexão síncrona por meio de videochamada entre teleinterconsultor, profissional da equipe de saúde da família e usuário beneficiado, buscando ofertar cuidado para condição clínica selecionada, mas de forma centrada na experiência da pessoa. As condições clínicas serão definidas em conjunto com as Regiões de Saúde em que o Projeto atuará, considerando-se linhas de cuidado previamente disponibilizadas pelo Ministério da Saúde ou pelo processo de Planificação de Atenção à Saúde proposto pelo CONASS.
Na prática, ao identificar um paciente que precise de acompanhamento com especialista, como um diagnóstico de diabetes tipo 2, por exemplo, o médico da UBS tem a opção de agendar uma teleinterconsulta triangulada (quando estão presentes paciente, profissional da UBS e especialista) com um profissional do hospital PROADI-SUS/HCOR responsável pelo estado da Paraiba, ao invés de solicitar o encaminhamento a uma unidade ambulatorial especializada, o que, muitas vezes, gera longas filas de espera. A expectativa é garantir o aprimoramento do desfecho clínico para condições crônicas selecionadas, impactando diretamente o cuidado das pessoas usuárias das Redes de Atenção locais, além de ampliar o repertório assistencial dos profissionais do SUS.

RESULTADOS

Os resultados esperados foram a adesão das teleinterconsultas pelas as 08 (oito) UBS e profissionais das equipes; adesão às diretrizes clínicas; resolutividade das teleinterconsultas, visando a redução de filas na AES e de consultas presenciais; fortalecimento do autocuidado apoiado nas teleinterconsultas; e ampliação da oferta de teleinterconsultas por condições clínicas, fortalecimento da assistência na APS. Diante do exposto, pudemos observar que foram realizadas no período de julho de 2023 a março de 2024, 617 teleinterconsultas, tendo uma redução de aproximadamente 40% da demanda reprimida das consultas especializadas. Antes do projeto, nós tínhamos uma fila de espera para a consultas de cardiologia de 198 pessoas e hoje reduziu para 112 pessoas, endocrinologia de 412 pessoas e hoje de 209, ginecologia de 227 pessoas e hoje de 157 pessoas, neurologia de 286 pessoas e hoje de 240 pessoas, pediatria de 82 pessoas e hoje com 64 pessoas, psiquiatria de 79 pessoas e hoje de 7 pessoas, reumatologia de 246 pessoas e hoje de 138 pessoas e nutrição de 18 pessoas e hoje não temos demanda reprimida, além disso, redução do tempo de espera de 6 meses para 7 a 15 dias e uma economia nos cofres públicos de quase 100 mil reais.

CONCLUSÃO
Com isso, o Projeto Telenordeste se consolidou como estratégia de fortalecimento da Governaça de Saúde, servindo de apoio para que os profissionais da área desenvolvam continuamente competências e habilidades na coordenação de cuidado de seus pacientes, melhorando o acesso e a qualidade dos serviços prestados na Atenção Primária a Saúde do Município de Piancó, reduzindo filas, tempo de espera e custos económicos para a Gestão, sobre tudo, ampliando a taxa de resolutividade e a satisfação dos usuários e profissionais, integrando a APS e a Atenção Especializada a Saúde.

ALTA DEMANDA POR CONSULTAS ESPECIALIZADA, FILAS NA POLICLÍNICA, ALTO CUSTO FINANCEIRO, FRAGILIDADE DA ATENÇÃO PRIMÁRIA.

Os resultados esperados foram a adesão das teleinterconsultas pelas as 08 (oito) UBS e profissionais das equipes; adesão às diretrizes clínicas; resolutividade das teleinterconsultas, visando a redução de filas na AES e de consultas presenciais; fortalecimento do autocuidado apoiado nas teleinterconsultas; e ampliação da oferta de teleinterconsultas por condições clínicas, fortalecimento da assistência na APS. Diante do exposto, pudemos observar que foram realizadas no período de julho de 2023 a março de 2024, 617 teleinterconsultas, tendo uma redução de aproximadamente 40% da demanda reprimida das consultas especializadas. Antes do projeto, nós tínhamos uma fila de espera para a consultas de cardiologia de 198 pessoas e hoje reduziu para 112 pessoas, endocrinologia de 412 pessoas e hoje de 209, ginecologia de 227 pessoas e hoje de 157 pessoas, neurologia de 286 pessoas e hoje de 240 pessoas, pediatria de 82 pessoas e hoje com 64 pessoas, psiquiatria de 79 pessoas e hoje de 7 pessoas, reumatologia de 246 pessoas e hoje de 138 pessoas e nutrição de 18 pessoas e hoje não temos demanda reprimida, além disso, redução do tempo de espera de 6 meses para 7 a 15 dias e uma economia nos cofres públicos de quase 100 mil reais.

Com isso, o Projeto Telenordeste se consolidou como estratégia de fortalecimento da Governaça de Saúde, servindo de apoio para que os profissionais da área desenvolvam continuamente competências e habilidades na coordenação de cuidado de seus pacientes, melhorando o acesso e a qualidade dos serviços prestados na Atenção Primária a Saúde do Município de Piancó, reduzindo filas, tempo de espera e custos económicos para a Gestão, sobre tudo, ampliando a taxa de resolutividade e a satisfação dos usuários e profissionais, integrando a APS e a Atenção Especializada a Saúde.

Principal

JOSE RUCLENATO GOMES DA SILVA

saude@pianco.pb.gov.br

SECRETÁRIO DE SAÚDE

Coautores

JOSÉ RUCLENATO GOMES DA SILVA

A prática foi aplicada em

Piancó

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

AVENIDA JOÃO AGRIPINO SN BAIRRO OURO BRANCO

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

JOSÉ RUCLENATO GOMES DA SILVA

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

08 abr 2024

e atualizada em

09 abr 2024

Início da Execução

10/07/2023

Fim da Execução

30/03/2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba