Olá,

Visitante

Sala de Vacina Itinerante

Categoria não especificada

Seguir rigorosamente o calendário vacinal e manter a carteira de vacinação atualizada é a medida mais eficaz para garantir a saúde coletiva e reduzir a transmissão da maior parte das doenças infectocontagiosas imunopreviniveis. Depois da penicilina, podemos dizer que a vacina se tornou a melhor estrategia de reduzir danos e economizar recursos financeiros.Afinal trabalhamos a prevenção. A sala de vacina itinerante tem como principal objetivo tornar o acesso a sala de vacina mais propicio e oportuno para população mais distantes das estruturas físicas construídas nos municípios, que na maioria das vezes são insuficientes e localizadas na região central.O projeto visa a presença da sala de vacina mensalmente em territórios pre demarcados e comunicados aos usuários do sistema pelos ACS do território onde ocorrera a presença da sala de vacina. Oportunamente a sala itinerante ficara próxima a pontos comerciais de grande fluxo e porta de escola. A sala sera composta de recursos humanos ( técnicos, enfermeiros,acs), insumos, veiculo e motorista. Dessa forma mensalmente teremos a oportunidade de atualizar ,bem como, iniciar esquemas vacinais daquele território. O principal problema das baixas coberturas esta na dificuldade de acesso.Falta de tornar a imunização presente no cotidiano das famílias. O projeto visa alem de aumentar as coberturas vacinais tornar a vacinação algo efetivo na rotina das familias. Ja que pelo menos uma vez por mês serão lembradas da vacinação.Efetivar a ação de imunização necessária para saúde comunidade. A sala de vacina itinerante não requer construção de estrutura física o que facilitara a execução do projeto. Ja que obras publicas levam tempo e dispendem recursos muitas vezes não disponíveis. Uma vez estabelecido a rotina de visitas manteremos os esquemas atualizados.

O principal problema das baixas coberturas esta na dificuldade de acesso.Falta de tornar a imunização presente no cotidiano das familias. O projeto visa alem de aumentar as coberturas vacinais tornar a vacinação algo efetivo na rotina das famílias. Ja que pelo menos uma vez por mês serão lembradas da vacinação.Efetivar a ação de imunização necessária para saúde da comunidade.

O municipio esta com tres projetos em programação: 1-O projeto acima:”sala de vacina itinerante” 2-Vacina na escola, saude da comunidade. 3-Consulta e vacina parceria que da certo.

Orientar a população sobre atualização do calendário vacinal. Promover ações coletivas de educação em saúde com a comunidade, estimular a promoção da saúde e prevenção de doenças por meio da vacinação. É essencial para garantir uma saúde coletiva plena ,alem de tornar o usuário do SUS ator da construção da saude do seu pais. Politicas devem ser pensadas de acordo com a realidade de cada território a fim de garantir sucesso nas ações implantadas.

Principal

MONA LISA TERESINHA ALVES TASCA CHAGURI

Coautores

Ivanice Maria Sestari Dandaro

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba
Práticas
Estratégias de imunização em município do interior da Paraíba resulta em 1º lugar no estado durante campanha de influenza 2024 : relato de experiência
Paraíba
Práticas
Mindfulness, uma estratégia para redução da ansiedade e manejo de peso
Rio Grande do Sul
Práticas
Teste: verificando o recurso de emissão de certificados
Todos os Estados (Sudeste)
Práticas
A importância do trabalho em rede para a efetivação da reinserção social aos dependentes químicos enquanto sujeitos de direitos: observações acerca do eixo reinserção social no Centro de Acolhimento e Atenção Integral Sobre Drogas do município de Cachoeiro de Itapemirim (ES)
Espírito Santo