Olá,

Visitante

Reavaliação Médica para Usuários Que Aguardam em Fila de Espera para Consultas e Exames Especializados, Como Ferramenta Reguladora no Município de Pinhais.

ObjetivoRealizar a regulação das filas de espera para consultas e exames especializados, por meio de reavaliações médicas, a todos os usuários que aguardam a mais de 01 ano. Oportunizar acesso prioritário aos usuários que apresentam maior risco.MetodologiaA Secretaria Municipal de Saúde sensibilizou profissionais da APS, buscando apoio para reavaliação dos usuários nos Mutirões de Saúde e montou um consultório na própria Secretaria, onde ocorrem atendimentos contínuos, realizados pelo médico regulador, para reavaliação clinica dos usuários, que aguardam em fila de espera. Inicialmente realizou-se um levantamento sobre as filas de consultas/exames com maior tempo de espera, e iniciaram-se as reavaliações em 2016 pelo exame Avaliação Urodinâmica Completa, que aguardava desde 2006, devido não ter prestador indicado sua realização pelo SUS.

Segundo o Ministério da Saúde 70% da população brasileira depende diretamente de atendimentos de saúde via SUS, onde a atual instabilidade financeira nacional contribui para gerar demanda reprimida nos serviços de assistência a saúde. O principio da descentralização infere que independente da responsabilidade de gestão de qualquer órgão, hospital ou unidade de saúde, a responsabilidade direta pelo atendimento da população residente no município, são do gestor municipal. O município de Pinhais possui população estimada em 127000 habitantes, desafiando gestores a buscar estratégias e recursos que oportunizem resolutividade da Atenção Primária a Saúde (APS) e uso racional dos recursos. Como estratégia de enfrentamento aos problemas de demanda reprimida, o município instituiu desde 2016 a Regulação direta das Filas de espera para Consultas e Exames especializados, como ferramenta norteadora na otimização de recursos e garantia de acesso prioritário para os casos que apresentam maior risco.

A reavaliação clinica dos usuários permite organizar e regular a oferta de vagas de consultas e exames especializados, otimizando recursos e qualificando os encaminhamentos. Observa-se grande redução no tempo de espera e no número de usuários que aguardam ser agendados. Em dois anos de regulação continua, foram reavaliados usuários que se encontravam em espera por mais de seis anos, oportunizando agilização nos agendamentos, redirecionamentos entre especialidades, e melhor gestão das vagas.

Principal

Luciana Serena Parolin

A prática foi aplicada em

Paraná

Sul

Instituição

Pinhais

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

emanoel.filho@fiocruz.br

07 nov 2016

e atualizada em

22 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Tratamento odontológico Sob Anestesia Geral para Pacientes com Deficiência no Município de Piraí: uma Trajetória pela Busca da Integralidade da Atenção.
Rio de Janeiro
Práticas
Reorganização do Polo de oncologia de Cabo Frio
Rio de Janeiro
Práticas
Serviços Farmacêuticos na Alta Hospitalar – Projeto para Hospitais Pediátricos
Tocantins
Práticas
Voltando a respirar: reabilitação fisioterapêutica na Síndrome pós Covid-19
Paraíba
Práticas
Redução do Índice de Hospitalização a Partir da Implantação do Serviço de Atenção Domiciliar
Rio de Janeiro
Práticas
Criação da Subsecretaria de Regulação, Controle e Avaliação, Contratualização e Auditoria
Rio de Janeiro
Práticas
Cuidado Fisioterápico ao Idoso do Cordão Encarnado I para Manutenção da Funcionalidade e Qualidade de Vida Associado Aos Saberes Multidisciplinares da Atenção Básica
Paraíba
Práticas
Programa Municipal de Reabilitação Pós Covid-19Projeto Reabilitar
Paraíba
Práticas
Implantação da Rede de Atenção e Prevenção ao Suicídio de Anastácio/Ms: uma Realidade Possível
Mato Grosso do Sul
Práticas
O Apoio do Telessaúde/Paraná na Regulação de Filas para Consultas Especializadas. Relato de Experiência do Município de Pinhais.
3 / 41234