Olá,

Visitante

Projeto “Saúde Aqui: Relato de Experiência”

A descentralização é um princípio do Sistema Único de Saúde (SUS) que guarda uma significativa transversalidade conceitual e operativa com os demais princípios que o fundamentam. No sistema, assume um papel de eixo estruturante, posto que convida os três entes governamentais federados, União, Estados e Municípios a articularem-se, cooperarem entre si e zelarem pela qualidade das ações e serviços de saúde. (BELTRAMMI, 2008, p. 159). Apesar de estabelecido por lei, a política de seleção e relação entre as partes descentralizadas tende a considerar fatores numéricos, não atentando-se à realidade do município, apenas dele exigindo o cumprimento de metas e ações. A fonte para a negociação entre os três setores é o IBGE e dados estatísticos colhidos em sistemas distantes da realidade. Considerando, portanto, que a oferta de atendimento de média complexidade não abarca a necessidade da gestão municipal, a oferta do projeto ”Saúde Aqui” veio como tentativa de descentralizar os serviços de médi

a. Objetivo geral Oferecer atendimento de média complexidade no município de Silvanópolis – To b. Objetivos específicos Realizar consultas médicas com especialistas conforme demanda municipal Realizar procedimentos de endoscopia e ultrassonografias A realização do projeto “Saúde Aqui” aconteceu em duas frentes distintas de ação. No primeiro momento teve-se o estudo sobre a possibilidade legal bem como fundamentação científica para execução prevista. A gestão, imbuída de interesse, buscou analisar a logística de distribuição de PPI e a possibilidade de aproximar esses custos à demanda municipal. Para tanto, foram buscadas orientações em superintendência bem como com apoio de análise de leis e textos científicos. A primeira etapa deu origem, portanto, ao projeto em si, que depois de elaborado foi aprovado pelos órgãos fiscalizadores, a saber, Conselho Municipal de Saúde. Com o apoio social bem como financiamento em gestão, o Município partiu, portanto, para a execução do projeto Saúde

A realização do projeto “Saúde Aqui” obteve resultados muito positivos para a saúde municipal de Silvanópolis – TO. Dentre os resultados, pode-se destacar: Consulta/Procedimento Demanda Anterior ao Projeto – Ano Demanda em 2018 Exame de ultrassonografia 500 Exame de endoscopia 200 Atendimento de neurologia 200 Atendimento de pediatria 500 Atendimento de ortopedia 300 Atendimento de psiquiatria 200 Pequenas Cirurgias 500como há de se observar, a execução do projeto “Saúde Aqui” impactou diretamente a lista de espera presentes no SisReg municipal e ofertou apoio essencial à atenção básica, no sentido de realizar busca ativa de pacientes. Entretanto, alguns outros fatores também se incluem como benefício perene desta ação, a saber: a) Contanto entre equipes – por meio desta ação as equipes poderam ter mais contatos entre si na escolha e identificação de necessidades. o uso do logus a seu favor fortificou os laços

Principal

Deyvid De Oliveira Pereira

pandorin19@hotmail.com

Coautores

Wilkey Fernando Lourenço De Oliveira

A prática foi aplicada em

Silvanópolis

Tocantins

Norte

Instituição

Rua Antônio Ferreira Dos Santos, S/N

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Wilkey Fernando Lourenço Oliveira

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

26 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Hidrovida: a utilização de terapia aquática como forma de tratamento para idosos com doenças osteomusculares.
Paraíba
Práticas
Assistência multiprofissional aos portadores de hipertensão e diabetes mellitus de uma UBS de Belém do Brejo do Cruz – PB: relato de experiencia
Paraíba
Práticas
Abordagem multiprofissional a usuários em processo de reabilitação física em Queimadas – PB
Paraíba
Práticas
Acesso facilitado ao mamógrafo itinerante: identificação precoce do câncer de mama
Paraíba
Práticas
O Papel do Samu na promoção em saúde com educadores e cuidadores de crianças com TEA
Paraíba
Práticas
Caminhos estratégicos da APS frente a cobertura vacinal no município de Bernardino Batista
Paraíba
Práticas
projeto interagir sorrindo
Rio de Janeiro