Olá,

Visitante

Projeto Acolher: Fornecimento de Benefícios a População Condense

Visando atender tal população cuja necessidade é motivada por doença, devidamente comprovada através de laudos da equipe de saúde do município, a prefeitura de Conde criou o Projeto Acolher, que entrou em vigor em outubro de 2021, atuando em caráter suplementar a Programação Pactuada e Integrada vigente.O projeto em questão, no uso das suas atribuições legais, engloba o fornecimento de medicamentos inclusos no protocolo terapêutico médico elaborado pelos especialistas do município, excluindo assim, os que estão no componente básico (Relação Municipal de Medicamentos-REMUME) e especializado (Centro Especializado de Dispensação de Medicamentos Excepcionais-CEDMEX).de saúde, fraldas descartáveis infantis e geriátricas, nutrição para uso oral e/ou enteral, inclusa no protocolo terapêutico nutricional para pacientes com patologias específicas e cadeiras de rodas padrão e de banho.O cadastro dos usuários no Projeto Acolher ocorre por duas formas. O usuário que manifestar interesse em algum benefício entra em contato com o seu agente de saúde solicitando a inscrição ou a unidade de saúde identifica o usuário necessitado e prepara a solicitação.A solicitação deve conter ficha socioeconômica, ferramenta própria do projeto que descreve dados pessoais, sociais e o benefício solicitado

Em 2021, a gestão do município de Conde, situado no litoral sul da Paraíba, deparou-se com uma população carente de uma série de benefícios de competência das Políticas de Saúde. Dentre estes benefícios destacavam-se medicamentos, materiais auxiliares e elementos de cuidado e higiene pessoal, alimentos para nutrição enteral, bem como meios de locomoção.

Para dispensação de alimentos para nutrição enteral foi necessária a criação de um protocolo terapêutico nutricional. Da mesma forma, faz-se necessária a criação de protocolo terapêutico médico para regular a aquisição e dispensação de medicamentos de controle especial, para os usuários cadastrados no Projeto Acolher. Tal protocolo terapêutico médico está sendo elaborado pelos médicos especialistas do município, e abrange medicamentos que estão fora REMUME e CEDMEX. O projeto espera prestar assistência continua aos cadastrados, durante todo período necessário. Através de matriciamentos espera captar e atender novos usuários que precisem dos benefícios oferecidos, assistindo a população condense em sua integralidade.

Principal

Carolina Holanda Ipiranga de Souza Dantas

carolinahisd@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Conde

Paraíba

Nordeste

Instituição

Rua Projetada 105 - Centro

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Carolina Holanda Ipiranga de Souza Dantas

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Teste: verificando o recurso de emissão de certificados
Todos os Estados (Sudeste)
Práticas
Gestão de saúde em Queimadas – PB: uso estratégico da informação no planejamento das ações
Paraíba
Práticas
Implantação e ampliação de Serviço Especializado em município do sertão da Paraíba
Paraíba
Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro