Olá,

Visitante

Programa saúde rural – promovendo ações e serviços de saúde para populações de áreas rurais

CONTEXTUALIZAÇÃO
O município de Belém do Brejo do Cruz é o 16º maior em área territorial da Paraíba, totalizando 603 km², possui cerca de 42 comunidades rurais habitadas, sendo a mais distante o Braz Felix que faz divisa com o município de Jucurutu-RN a cerca de 75km do perímetro urbano. Tais distâncias impossibilitam as pessoas daquelas localidades a usufruírem dos serviços de saúde disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde, fazendo com que essa desassistência possa vir a prejudicar a qualidade de vida da população local. Levando em consideração esse contexto a Secretaria de Saúde criou em 2019 o programa “Saúde Rural”. Nesse Programa ofertamos nas comunidades rurais onde há unidade âncora as ações e serviços de saúde que são disponibilizados nos serviços urbanos: médico clínico, médico cardiologista, enfermeira, dentista, fisioterapeuta, nutricionista, marcação de exames e realização de eletrocardiograma. Outro ponto importante levando em consideração é que ao locomover os profissionais para essas localidades, o munícipe preserva seus hábitos culturais e laborais, assim como evita o transtorno de deslocamento por grandes distâncias em estradas vicinais.

OBJETIVO GERAL
Promover a oferta de ações e serviços de saúde às comunidades rurais, que geograficamente ficam localizadas a grandes distâncias do centro urbano do município, proporcionando acesso à saúde e efetivação de garantias de direitos fundamentais de tais populações.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Fomentar qualidade de vida da população através de estratégias de promoção e prevenção de saúde;
Fornecer serviços de saúde gerais e especializados à população local;
Incentivar a população local a adquirir hábitos saudáveis;
Ofertar exames especializados e atendimento básico à saúde; e
Estabelecer para população local os princípios universais do SUS: universalidade, integralidade e equidade.

JUSTIFICATIVA
O Projeto Saúde Rural se faz necessário a medida que buscamos fomentar as ações e serviços de saúde nas comunidades rurais e consequentemente atingir metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde para garantia de uma boa saúde da população, estabelecemos que as grandes distâncias percorridas pelos moradores de comunidades rurais para buscar acesso a tais serviços no perímetro urbano podem ser um fator prejudicador e pensando na preservação dos hábitos locais.

QUESTÃO-PROBLEMA

Levando em considerações os fatores prejudicadores da população de zona rural na busca pelo acesso a serviços de saúde, temos como questão problema desse trabalho: como fortalecer a atenção primária em localidades de difícil acesso?

Resultados
Após o início do Programa Saúde Rural a Secretaria Municipal de Saúde identificou grandes avanços nos índices de vacinação, exames citopatológicos, exames de Pré-Natal, diminuição de exodontias, melhorias na adesão ao tratamento de cardiopatias, lesões coronárias, Hipertensão, diabetes e dessa forma em 2022 tivemos um dos menores índices de morte por doenças do aparelho circulatório do Norte-Nordeste (MS, 2022).

Recomendação
Para implantação de projeto similar ao Saúde Rural é necessário identificar inicialmente as potencialidades e fragilidades da rede de saúde municipal, entender quais anseios das comunidades rurais e quais questões sociais busca-se resolver. Cativar a equipe de saúde a realizar o deslocamento para atendimento com datas previamente divulgadas pelos mais diversos meios de comunicação ex: redes sociais, radio, programas locais e etc. Ofertar aos profissionais de saúde estrutura física, de locomoção, alimentação e equipamentos para que possam desempenhar suas funções com a maior assertividade possível e fazem com quem entendam a demanda daquela população, adequando as metodologias de trabalho e insumos à realidade dos moradores.

Principal

Israel Martins de Andrade

israelmartinsenf@gmail.com

Secretário de Saúde

Coautores

Autor: Israel Martins de Andrade Co-autores: Suzana Maria Rabelo Pereira João Forte de Oliveira Neto Heloisa Marques da Silva Maria Jédna de Andrade Santos Andrielly Kelly Lócio da Silva

A prática foi aplicada em

Belém do Brejo do Cruz

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

Venâncio Clementino Linhares, Centro

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Israel Martins de Andrade

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

15 abr 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba