Olá,

Visitante

Processo Formativo de Apoio em Saúde Mental no Município de Franco da Rocha – Sp

Para os profissionais da Rede de Atenção Psicossocial – RAPS, foi identificada a necessidade da ampliar o conhecimento sobre o SUS (Princípios e Diretrizes), Políticas de Atenção Básica e Saúde Mental para a qualificar os processos de trabalho direcionados aos usuários com sofrimento psíquico, garantindo a integralidade do cuidado, com transformação das práticas nas relações estabelecidas a partir da AB e nos demais pontos da rede. A CIR de Franco de Rocha desencadeou para os 5 municípios um projeto para profissionais da AB, com o conceito ampliado de saúde, ações de promoção, prevenção e recuperação, interdisciplinar e intersetorial, baseado na integralidade da atenção para revisar as práticas de cuidado, processos de trabalho, relações entre equipe, trabalhadores e usuários e reorganização da RAPS, com produção de saúde voltada para qualidade de vida e cidadania. Cada município teve um percurso formativo, porém neste trabalho será relatada a experiência de Franco da Rocha.

Qualificar os profissionais da atenção básica para redesenho dos fluxos e processos de trabalho no cuidado em saúde mental promoção de ações intersetoriais em rede criação de espaços para discussão das práticas de cuidado em saúde mental na rede de s o processo formativo foi em etapas: Eleição dos temas e ações a serem abordados Apresentação de pressupostos teóricos para as ações em saúde mental Atividades de reconhecimento do território e dispositivos para as práticas de cuidado em saúde mental no município visita ao Complexo Hospitalar do Juquery, marco da Reforma Psiquiátrica, para roda de conversa com atores que vivenciaram o movimento Rodadas de encontros para levantamento de demandas locais na saúde mental do município, discussão de casos, revisão de bibliográfias e construção de ferramentas de Apoio em Saúde Mental Intervenção local em uma UBS para caracterização e discussão de possíveis formas de prática em cuidado nos casos com demanda de saúde mental.

A qualificação dos profissionais da atenção básica para a prática de Apoio em Saúde Mental, a melhora da comunicação entre os serviços de referência em saúde mental a atenção básica, ampliação das ações voltadas a promoção do bem-estar mental da população, redução e qualificação dos encaminhamentos médicos. Estimulou a capacidade de planejamento, o exercício da criatividade, o trabalho em equipe, a boa relação profissional/usuário, a qualidade no desempenho das funções de forma ética e humanizada, objetivando qualificar o cuidado ofertado na RAPS, respeitando a vivência no cotidiano, as individualidades locais e regionais para a mudança do paradigma de cuidado em saúde mental com novos arranjos para tecer a rede de saúde mental.Com o apoio da gestão, pretende-se buscar o aprimoramento das ações de apoio em saúde mental com a qualificação das condutadas na atenção básica, com a criação de espaços para a troca de experiências e análise de situações do cotidiano. Os resultados advindos do processo formativo de Apoio em Saúde Mental ainda são recentes, mas um dos objetivos é realizar sua descrição estatística.

Principal

Joyce Pinheiro Da Silva

joyce.silva@usp.br

Coautores

Silvia Fátima Moura Franzoni De Souza, Emilaine Franciele Gomes Do Nascimento Marinho, Tiago Henrique Cardoso, Nayara Bressa Barbosa Pires, Emerson Fernandes Luis

A prática foi aplicada em

Franco da Rocha

São Paulo

Sudeste

Instituição

Rua Sousa Sepúlveda, 47 – Vila Mirante, Pirituba – São Paulo – Sp Cep: 02955-020

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Lorena Rodrigues De Oliviera

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Vigilância e Controle da Febre Amarela na Coordenadoria Regional de Saúde Sul do Município de São Paulo
São Paulo
Práticas
Sucessus 2018: Nossa Equipe É Show! – Valorização do Trabalhador do SUS e das Experiências Inovadoras no Cuidado em Saúde na Região de Vila Prudente/Sapopemba, Município de Sp
São Paulo
Práticas
Experiência de des institucionalização: o Resgate da Cidadania e da Dignidade no Relato de Profissionais e Pacientes
São Paulo
Práticas
Educação Permanente em Saúde Diária como Estratégia de Sustentação na Integração Entre Equipes Técnicas Distintas – Atenção Básica e Vigilâncias
São Paulo
Práticas
Avaliação Interdisciplinar e Diagnóstico Diferencial – Mobilização na Busca de uma Linha de Cuidado Assertiva no Cer de São Bernardo do Campo
São Paulo
Práticas
Intervenção do Farmacêutico do Nasf no Uso Irracional de Antiinflamatórios Não Esteroidais (Aines), uma Experiência da Ubs União
São Paulo
Práticas
Tecendo Redes: uma Experiência de Articulação do Trabalho em Rede Intersetorial em um Território de Saúde no Município de Assis/Sp
São Paulo
Práticas
Empoderamento Social em Defesa do SUS no Município de des calvado – Sp
São Paulo
Práticas
A Experiência de Implantação da Política de Saúde Integral para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (Lgbt) na Região Central do Município de São Paulo
São Paulo
Práticas
des envolvimento da Gestão de Custos no SUS em São José do Rio Preto
São Paulo