Olá,

Visitante

Avaliação da Adesão ao Pré-Natal do Parceiro Oferecido na Primeira Consulta da Gestante na Rede de Atenção Básica do SUS nos Primeiros Cinco Anos Após A Implantação

No ano de 2012 foi implantado no município de Ribeirão Preto o PRÉ NATAL do parceiro. Na primeira consulta com o ginecologista é oferecido ao companheiro da gestante a possibilidade de realizar exames sorológicos para o diagnóstico de HIV, Hepatites B e C e Sífilis. A estratégia tem como objetivo sensibilizar e incluir os parceiros nos cuidados da gestação e na prevenção da transmissão vertical do HIV das Hepatites e sífilis. Além disso, podemos atuar na quebra da cadeia de transmissão destas doenças com o diagnóstico precoce destes parceiros. as ações têm como objetivo prevenir doenças e incluir o homem na paternidade. as equipes de saúde que recebem os parceiros podem aproveitar para sugerir a realização de exames preventivos em relação à saúde do homem. É importante que esse homem seja bem acolhido pelas equipes de saúde.

o objetivo deste estudo é avaliar a adesão ao Pré-Natal do Parceiro após cinco anos de implantação e identificar a taxa de positividade para as infecções sexualmente transmissíveis nos parceiros e nas gestantes. Estudo retrospectivo que utilizou os bancos de dados do Laboratório Municipal e da Secretaria da Saúde (Hygia) para a coleta dos dados. Foram selecionados todos os parceiros de gestantes que aderiram a esta estratégia de Julho de 2012 a Dezembro de 2017. Os exames realizados foram o HIV, o HBsAg, o anti HCV e o Sífilis TP pela metodologia de quimioluminescência. Caso algum exame seja reagente o Laboratório avisa imediatamente via email o programa de saúde responsável por cada agravo que entra em contato com as unidades requisitantes e o parceiro e a gestante são convocados imediatamente para providências. Para facilitar o acesso aos homens nas Unidades de saúde o atendimento e a coleta dos exames são realizados em horários alternativos.

No período estudado, 10.817 homens aderiram ao Pré-Natal do parceiro e foram diagnosticados 37 (0,34%) parceiros com sorologia Reagente para HIV, 70 (0,64%) para HBsAg, 48 (0,44%) para anti-HCV e 278 (2,57%) com sorologia reagente para Sífilis. No mesmo período foram realizados 31.341 procedimentos sorologias de Pré-Natal em mulheres e foram identificadas 89 (0,28%) gestantes com sorologia Reagente para HIV, 55 (0,17%) para HBsAg, 45 (0,14%) para anti-HCV e 751 (2,39%) com sorologia reagente para Sífilis. Obtivemos 16,5% de adesão no segundo semestre de 2012 e passamos para 50,5% de adesão no segundo semestre de 2017.Se facilitarmos o acesso ao parceiro e oferecermos adequação aos seus horários conseguimos uma maior adesão. Identificamos uma taxa de positividade das sorologias dos parceiros ligeiramente maior que a encontrada nas gestantes, por isso devemos nos esforçar ainda mais para atingir a população masculina e o Pré-Natal do parceiro é uma ótima estratégia para este fim. o próximo passo é identificar as unidades onde há maior adesão, observar suas estratégias para atingirmos 100% em todas as unidades.

Principal

Elaine Cristina Manini Minto

laboratorio@saude.pmrp.com.br

Coautores

Eduardo Bras Perim, Renata Cristina Boscariol Manetta, Luiz Benjamin Trivellato Filho, Claudia Siqueira Vassimon, Gislaine Carla Bovo Gonçalves

A prática foi aplicada em

Ribeirão Preto

São Paulo

Sudeste

Instituição

Rua João Nantes Junior, 928

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Sandro Scarpelini

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal