Olá,

Visitante

O Tratamento de Dores Músculo-Esqueléticas, Sem Uso de Medicamentos, pela Prática do Lian Gong na Comunidade do Leandrinho em Dias Dávila – Ba.

ObjetivosA prática do Lian Gong procura trazer eficácia e eficiência ao sistema da AB: Eficácia no que diz respeito a redução das queixas de dores músculo-esquéleticas. Eficiência com o atendimento de vários usuários numa mesma sessão, com redução de medicameMetodologiaAs sessões de Lian Gong acontecem duas vezes por semana. O grupo é de aproximadamente vinte e cinco frequentadores assíduos, há controle de frequência e está aberto a todos os usuários da USF. O controle dos resultados são dados por testemunhos dos usuários. Nos reunimos debaixo de uma árvora frondosa (Jambolão), na área externa da USF. Iniciamos demonstrando os movimentos aos participantes com um fundo musical apropriado. Com o fim de emprestar maior solenidade às práticas, confeccionamos camisas temáticas. Após a prática, há o compartilhamento de experiências, testemunhos, orientações quanto à reeducação alimentar e postura. Uma vez por semana, faz-se a auriculoterapia. Para garantir a continuidade, foi matriciada a técnica de enfermagem..

No atendimento na USF Leandrinho, comunidade rural do município de Dias Dávila, pude observar um número considerável de usuários queixosos de dores músculo-esqueléticas (lombalgias, ombralgias, gonalgias, cervicalgias etc). O tratamento convencional com o uso de medicamentos e sessões de fisioterapia não apresentava resultados satisfatórios, retornando o usuário à USF, com desperdício de tempo e recursos. Assim, passei a pesquisar um tratamento que pudesse contemplar o maior número de usuários e que não trouxesse custos adicionais à gestão e ao paciente.

A implementação do Lian Gong está sendo muito satisfatória. Temos um grupo de praticantes assíduos que experimentam um ganho formidável em sua qualidade de vida. As atividades com o grupo tem fortalecido o vínculo entre a equipe de saúde e os usuários. Tomamos o cuidado de multiplicar o conhecimento, treinamos a técnica de enfermagem para que o Lian Gong seja praticado inclusive em minha ausência. Estamos também implementando esta prática na comunidade rural Jardim Futurama já com algum êxito.

Principal

Beatriz Preissler Vieira

A prática foi aplicada em

Bahia

Nordeste

Instituição

Dias d'Ávila

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

10 nov 2017

e atualizada em

22 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Aromaterapia na Educação
Rio de Janeiro
Práticas
Práticas Integrativas Complementares em Saúde ofertadas pelo Nasf/Ps Como Suporte Assistencial Aos Profissionais no Enfrentamento À Covid-19
Rio de Janeiro
Práticas
Farmácia da Terra
Amapá
Práticas
Implantação de uma Farmácia Viva Comunitária
Rio de Janeiro
Práticas
Farmácia Viva – rede colaborativa de saberes
Minas Gerais
Práticas
Educação em Saúde, Cultura e Ambiente Como Estratégia para a Implantação da Fitoterapia na Atenção Básica do Município de São Francisco do Conde-Bahia
Bahia
Práticas
Relato do Processo de Implantação de Protocolo de Fitoterápicos Municipal no Município de Vera Cruz do oeste, Brasil
Paraná
Práticas
Projeto Farmácia Viva
Piauí
Práticas
Gestão das Pics: Instrumento de Avaliação Como Indicador de Efetividade e Consolidação na Aps.
Santa Catarina