Olá,

Visitante

O Natal é melhor em casa

O projeto foi idealizado considerando o contexto natalino e as condições de saúde, incapacidade anátomo-funcional e complicações sistêmicas dos pacientes acamados e domiciliados que são acompanhados pelo Serviço de Atenção Domiciliar de Simão Dias/SE. Diante dos enfrentamentos e desafios diários dos cuidadores e pacientes, propôs-se consagrar a época natalina em cada domicílio e ofertar humanização na atenção em saúde, bem como momentos de alegria, esperança, resgate de laços familiares e comunitários.

Preservar a memória e princípios culturais inerentes ao Natal .Fomentar a importância do cuidado multidisciplinar em saúde. Produzir cuidado através da interação social. Promover saúde mental e bem-estar biopsicossocial. Ofertar subsídios para troca o projeto compreendeu três etapas de execução: na primeira houve a confecção de materiais temáticos estimulando a coordenação motora e capacidade criativa do paciente na segunda etapa, foi elaborado um jogral, camisas personalizadas, gorros, árvore e mensagens e na terceira etapa o projeto foi concretizado com visitas domiciliares, iniciando com um jogral e a fala da idealizadora do projeto para apresentar a proposta, logo após a equipe cantava músicas temáticas e o paciente recebia um brinde. No que tange os preceitos éticos, todos os pacientes assinaram termo de consentimento livre e esclarecido.

O projeto destacou a relevância do trabalho humanizado, que através de ações simples proporcionam emoções e mudanças significativas nas rotinas daqueles que se doam ao cuidado do outro e acabam não tendo momentos de partilha e descontração. Foi possível perceber também uma maior interação dos pacientes com a equipe e família, bem como a manifestação de sentimentos como alegria, amor, compaixão, gratidão e esperança.Os pacientes encontram-se debilitados e precisam de apoio moral, compreensão e condutas profissionais que permitam contribuir com o aumento da autoestima, interação social, integração com a família e a comunidade, tão necessários para o processo de cura e reabilitação da saúde, bem como a dimensão da assistência realizada pela equipe multidisciplinar, que promove o cuidado em saúde de forma ampla, acolhendo o usuário de forma integral.

Principal

Ana Lúcia Gama Gonçalves

ann.agama@hotmail.com

Coautores

Jacqueline Daltro Moura, Débora Hevelin Tavares Leal, Maria Betânia Da Silva, Daiane Dos Santos Barbosa, Pricila Neves Santa Bárbara Farias

A prática foi aplicada em

Simão Dias

Sergipe

Nordeste

Instituição

Rodovia Pedro Almeida Valadares, Nº 223 - Simão Dias - Se

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Lenivaldo Nunes Conceição

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

28 fev 2024

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal