Olá,

Visitante

Musicoterapia com as gestantes da atenção primária do município de Esperança – PB.

A musicoterapia une a arte e a saúde para promover cuidados para pacientes em tratamento, reabilitados, em prevenção ou mesmo para melhorar a qualidade de vida. Na maternidade, os benefícios da musicoterapia promovem vantagens para as mamães e para os bebês, seja durante a gestação ou no momento do parto. A ideia desse projeto é que as gestantes possa através dessas práticas integrativas terem uma gravidez plena.
O Objetivo do Projeto é desenvolver potencialidades e restaurar funções comprometidas, ampliando a suas percepções, consciências e atenção ao ciclo gestacional, de forma a aprofundar a conexão consigo e com o bebê; proporcionar a gestante um espaço de recreação terapêutica que potencialize a exteriorização de sentimentos e a vinculação materno-fetal; utilizando musicas instrumentais relaxantes ou cantar canções, facilitando a ligação e harmonia entre a gestante e o seu bebê, sensibilizar as equipes médicas com essas práticas integrativas, as suas aplicações, os seus benefícios e a pertinência da sua prática na população alvo.

A construção desse projeto foi perceber as angústias e tristezas durante a gestação, evitando que essas emoções sejam refletidas no bebê.

Os resultados revelaram que a música foi um recurso facilitador, promovendo um ambiente interativo e sonoro, propício à formação de vínculos mãe e bebê.

Investir mais nas práticas integrativas, buscando uma melhor qualidade de vida aos usuários que depende do SUS.

Principal

Lúcia de Fátima Nunes de Morais

assistentesocialprisional2022@gmail.com

Assistente Social

Coautores

Lúcia de Fátima Nunes de Morais,Ana Amélia de Almeida Macedo

A prática foi aplicada em

Esperança

Paraíba

Nordeste

Esta prática está vinculada a

R. Manoel Henrique, 84

Uma organização do tipo

Instituição Pública

Foi cadastrada por

Lúcia de Fátima Nunes de Morais

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

15 abr 2024

e atualizada em

15 abr 2024

Início da Execução

02/02/2023

Condição da prática

Andamento

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
Práticas integrativas e complementares no cuidado aos trabalhadores de saúde mental de Resende
Rio de Janeiro
Práticas
Visita de luto: uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto quilombos: o cuidado realizando práticas integrativas e complementares em quilombolas da Amazônia
Pará
Práticas
Empoderamento social em defesa do SUS no município de Descalvado (SP)
São Paulo
Práticas
Programa de automonitoramento glicêmico para paciente diabético insulinodependente
São Paulo
Práticas
Consequências práticas a partir da implantação e certificação da Estratégia Alimenta e Amamenta Brasil (EAAM) na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Pinheirinho de Embu das Artes (SP)
São Paulo
Práticas
Processo compartilhado na construção do Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino Saúde (COAPES) em Araçatuba (SP)
São Paulo