Olá,

Visitante

Meditação Como Pratica Integrativa e Complementar em Saúde Aos Estudantes da Ufj. Projeto de Pesquisa e Extensão

Tendo origem nas filosofias contemplativas orientais, a meditação foi introduzida no Brasil a partir da década de 60. Tem sido associada a um maior bem-estar físico, mental e emocional (Wallace, 2012

JUSTIFICATIVAO período acadêmico vem sendo marcado por descobertas e desafios que podem servir como gatilho para o desenvolvimento de sofrimento psíquico nos estudantes universitários, devido à sucessão de possíveis estressores. Nos contextos educacionais, a meditação tem sido cada vez mais utilizada enquanto processo de auto conhecimento e busca de quietude, em que novos significados e registros sobre filosofia da mente tem auxiliado bastante em propiciar bem-estar e transformações positivas na qualidade de vida dos alunos. (Menezes e Dell’aglio, 2009)OBJETIVOO objetivo consiste em descrever a experiência de um projeto de extensão em que foramrealizadas vivências de meditação com alunos de uma universidade pública de ensino

Promoção e prevenção da saúde mental, em especial para a redução dos níveis de estresse e ansiedade. Segundo Bezerra e col. (2018), o período acadêmico vem sendo marcado por descobertas e desafios que podem servir como gatilho para o desenvolvimento de sofrimento psíquico nos alunos, devido à sucessão de possíveis estressores. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (2017), podem ser fatores de risco à saúde mental: estilo de vida pouco saudável, mudanças sociais bruscas, estresse nas condições de vida laboral, exclusão social, violações dos direitos humanos, entre outros. Alguns desses riscos, destacam os autores, podem estar presentes no ambiente universitário. De acordo com Menezes e Dell’aglio (2009), nos contextos educacionais, o treinamento da meditação sentada e silenciosa tem sido cada vez mais utilizado enquanto processo de auto conhecimento e busca de quietude, em que novos significados e registros sobre filosofia da mente tem auxiliado bastante em propiciar bem-estar e transformações positivas na qualidade de vida dos alunos. Tendo origem nas filosofias contemplativas orientais, a meditação foi introduzida no Brasil a partir da década de 60, e após isso tem havido um interesse crescente pela busca de experiências meditativas enquanto prática pessoal, bem como a ciência tem investido em pesquisas nessa área (MENEZES, 2009). Tem sido associada a um maior bem-estar físico, mental e emocional (WALLACE, 2012

Principal

Luciana Oliveira dos Santos

lutsi2005@gmail.com

A prática foi aplicada em

Jataí

Goiás

Centro-Oeste

Instituição

UFJ - Campus Riachuelo | Rua Riachuelo n° 1530 - Setor - Samuel Grahan, Jataí - GO,

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Luciana Oliveira dos Santos

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Mindfulness, uma estratégia para redução da ansiedade e manejo de peso
Rio Grande do Sul
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba
Práticas
Práticas integrativas em um grupo tereapêutico “equilíbrio das emoções”
Paraíba
Práticas
Auriculoterapia uma práticas integrativas: como alternativa complementar no tratamento da ansiedade
Paraíba
Práticas
IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR NA REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DE QUEIMADAS-PB
Paraíba
Práticas
A terapia comunitária integrativa como inclusão e bem-estar na terceira idade.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do Centro de Referência em MTC e Práticas Integrativas no Município de Duque de Caxias
Rio de Janeiro
Práticas
Planejamento orientativo do CTA/SAE Juara – MT, sobre protocolo de PEP às farmácias do Vale do Arinos.
Mato Grosso