Olá,

Visitante

Interdisciplinaridade: Garantindo A Integralidade do Cuidado com Grupos de Cessação de Tabagismo no Município de Concórdia – Sc

Através deste relato expõe-se a experiência exitosa quanto à aplicação do Programa Nacional de Cessação de Tabagismo na modalidade de grupo, no município de Concórdia – SC. Este realiza-se desde 2015 com centralidade na atuação interdisciplinar e na construção de vínculos, como forma de garantir a integralidade do cuidado, colocando o paciente como protagonista de seu processo de saúde-doença para que assim seja ofertado um tratamento que de fato seja resolutivo. o tabagismo é hoje, a principal causa de morbimortalidade previnível, a cessação do seu uso traz um considerável custo-benefício à Saúde Pública. Além disso, existem os benefícios biopsicossociais ao paciente e ao meio em que convive, por isso torna-se imprescindível que experiências exitosas e em consonância aos preceitos básicos das Políticas Públicas de Saúde sejam divulgadas e repassadas, com intuito de serem reproduzidas e melhoradas e que cada vez mais pessoas tenham acesso ao tratamento para o tabagismo.

Compartilhar a experiência exitosa da implementação e execução, de forma continuada, do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), na cidade de Concórdia/SC. Expondo o trabalho com grupos com centralidade na atuação interdisciplinar como meca Os grupos são realizados desde 2015, acontecem à noite com uma média de 20 participantes, sendo formados 04 grupos/ano. o desenvolvimento é por meio de equipe interdisciplinar composta por Assistente Social, Enfermeiros, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Médico, Nutricionista e Psicóloga, que participam em todos os encontros com ações conjuntas, integradas e inter-relacionadas, por seis meses. Além das prerrogativas apontadas no Consenso para Abordagem e Tratamento do Fumante (2001- Ministério da Saúde) a criação de vínculo é um importante recurso utilizado, bem como apoio profissional, atividades lúdicas, canto, dinâmicas de grupo, uso de materiais audiovisuais, com enfoque na melhora da qualidade de vida e autonomia do paciente.

Nos grupos realizados desde 2015 até 2018 foram acompanhados 204 pacientes com percentual médio de cessação do tabagismo de 62,46% (até a 4ª sessão – planilha de consolidação ao Ministério da Saúde). Essa forma de tratamento interdisciplinar possibilita a troca de experiências entre participantes e equipe, sendo um aspecto terapêutico que contribui significativamente para o processo de cessação. Os benefícios de deixar de fumar não podem ser totalmente mensurados, pois envolvem aspectos psíquicos, familiares e sociais não quantificáveis. Pensar nestes benefícios é seguir os princípios doutrinários do Sistema Único de Saúde, baseados na integralidade do cuidado tornando o paciente também um protagonista do seu processo saúde doença.Comprova-se assim, a importância da atuação interdisciplinar na saúde, neste caso com a realização de grupo de cessação de tabagismo, no qual todo o acompanhamento é realizado por equipe interdisciplinar, o que possibilita maior efetividade no tratamento e maior superação das dificuldades encontradas ao longo do processo. Dessa forma, busca-se a construção da integralidade do cuidado e respostas mais eficazes as variadas dimensões que envolvem o processo saúde-doença.

Principal

Géssica Regina Borgmann

gessica.borgmann@yahoo.com.br

Coautores

Simone Cristina Dalbello Da Silva, Sirlei Michelotti, Bianca Menna Barreto Lages, Ezilda De Fátima Miranda, Claudecir Evandro Meneghetti

A prática foi aplicada em

Concórdia

Santa Catarina

Sul

Instituição

Rua João Suzin Marini 907 Bairro Salete – Concórdia Sc Cep: 90700280

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Sidinei De Castro Schmidt

Conta vinculada

solicitacao@concordia.sc.gov.br

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal
Práticas
Atenção Odontológica na Primeira Infância: Meu Primeiro Dentista
Tocantins
Práticas
Informação em Saúde Preventiva nos Meios de Comunicação
Tocantins