Olá,

Visitante

Integração da Saúde e da Comunidade no Município de Santa Rosa de Lima/Sc

Santa Rosa de Lima, pequeno município rural de 2.130 habitantes, na região sul do estado de Santa Catarina. Diversos foram os fatores que contribuíram para este fato, podemos citar como elementos condicionantes, a pequena população, como marcante presença de famílias agricultoras o contínuo apoio das diferentes gestões municipais e da saúde, fatores naturais, como também a persistência e força dos trabalhadores da saúde, entre outros fatores. o município de Santa Rosa de Lima possui uma área total de 206 km²,tendo somente uma unidade de saúde que cobre 100% da população, também não possui hospital/pronto-atendimento, todavia todas as necessidades da população referente sua saúde passam pela UBS. o modelo de assistência adotado pela Equipe de Saúde da Família de Santa Rosa de Lima era caracterizado pela produção de procedimentos, que conduz uma quantificação do cuidado e custos à saúde. Nesse sentido, se perdia a oportunidade de investir em educação em saúde.

• Aproximar a equipe de saúde da população. • Orientar a população quanto à promoção de saúde e prevenção de doenças. • Abrangermaior número de usuários. • Diminuir custos por consultas, exames, encaminhamentos e procedimentos. Os eventos da Saúde na Comunidade acontecem em horários que favorecem participação popular, sempre fora do expediente de trabalho da equipe de saúde e da maioria dos usuários. No início, o grupo ocorria à noite, mensalmente. em um segundo momento, foi realizado aos domingos, no período diurno, onde toda a equipe se deslocava às comunidades. Hoje os grupos são realizados novamente à noite, mensalmente. São realizadas atividades como palestras e rodas de conversa, os temas trabalhados são levantados através da realidade de cada comunidade. Também há espaço para exposição de estandes, jogos e gincanas, apresentações artísticas e distribuição de mudas. as refeições, como café, almoço ou janta, são preparadas e servidas pela própria equipe.

Num município pequeno, de colonização alemã, com características rurais e de pensamento tradicional, é ousada a tentativa de transformar a forma de pensar e agir dos profissionais e da população. A criação do grupo “Saúde na Comunidade”, em 2010, foi certamente um dos marcos nessa caminhada de mudanças e que se mantem nos dias atuais trazendo muitos benefícios a população. Assim, tem se buscado valorizar, primariamente, ações de promoção de saúde de caráter coletivo e direcionado à comunidade. Aliado a isso, tem-se uma maneira revigorada de trabalhar em equipe, a partir do compartilhamento de responsabilidades. A somar, são verificados avanços nas relações intersetoriais, que contribuem para a realização das atividades planejadas.Por fim, pode-se afirmar que ainda há muito a melhorar. Contudo diante do cenário dinâmico de mudanças, de superação de dificuldades a equipe de saúde da família está em constante processo de aprendizagem e busca sempre lutar pela saúde da população, sempre com criatividade e disposição dos profissionais de saúde. Temos claro que estamos no caminho certo, em direção a uma atenção à saúde integral, equânime e universal.

Principal

Sheley Martins Baumann Leeser

sheleyenf@hotmail.com

Coautores

Joana Lemkuhl

A prática foi aplicada em

Santa Rosa de Lima

Santa Catarina

Sul

Instituição

Rua Henrique Heidemann. Número 217, Centro, Santa Rosa De Lima - Sc

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Siuzete Vandresen

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal