Olá,

Visitante

Implantação do Programa de Vigilância em Saúde do Trabalhador no Município de Rio Claro: Um Relato de Experiência.

O Município de Rio Claro-RJ apresenta uma extensão territorial de 834.691 Km², pertence à região do Médio Paraíba do Estado do Rio de Janeiro, tendo suas fronteiras com os municípios de Barra Mansa, Volta Redonda, Piraí, Itaguaí, Angra dos Reis, Mangaratiba e o município do Estado de São Paulo Bananal, com uma população estimada de 17.850 habitantes (IBGE, 2010), distribuídos em 5 distritos: primeiro distrito Sede Rio Claro, segundo distrito Lídice, terceiro distrito São João Marcos, quarto distrito Passa Três e quinto distrito Getulândia. No ano 2015 o município deu início à implantação do Programa de Saúde do Trabalhador, porém, por falta de recursos humanos o programa ficou inativo, somente em 2017 começou a emergir com reuniões que visavam o entendimento da essência de um trabalho inicial de pesquisa epidemiológica, sequenciando com à construção de um projeto para a concretização da Vigilância em Saúde do Trabalhador. Juntamente com CEREST Resende, foi dado início às ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador no município que abordou temas relevantes a promoção da saúde deste público em forma de palestras e eventos realizados no município. O trabalho se justifica pela sua relevância em apresentar a experiência vivenciada por um município de pequeno porto na estruturação da vigilância em saúde do trabalhador em seu território. O trabalho teve como objetivo geral a estruturação do Programa |Municipal de Vigilância em Saúde do Trabalhador, e os objetivos específicos o levantamento do cenário de risco municipal

IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR

Principal

Marie Henriette Delcourtreynaldo de Jesus Oliveira Júnior

vigilancia.rioclaro@gmaol.com

A prática foi aplicada em

Rio Claro

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Reynaldo de Jesus Oliveira Júnior

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro
Práticas
Ideação suicida e tentativas de suicídio: uma análise de casos do SAMU 192 no interior do estado do RJ.
Rio de Janeiro
Práticas
Samuzinho: Educação em saúde e primeiro socorros na escola para a promoção do SAMU 192.
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação do programa de gestão transparente do tempo resposta no SAMU 192: uma missão desafiadora
Rio de Janeiro
Práticas
Verde, amarelo e vermelho: protocolo de classificação das consultas por grau de prioridade no Centro Especializado de Saúde de Quissamã (RJ)
Rio de Janeiro