Olá,

Visitante

Planejamento em Saúde: a Utilização dos Instrumentos de Gestão Como Ferramenta para a Construção da Cultura do Planejamento na Rede de Saúde

OBJETIVOS:? Introduzir os instrumentos de planejamento do SUS e transformá-lo em ferramenta de gestão para mudança de atitudes de gestores e profissionais de saúde? Mobilizar trabalhadores e gestores para construir coletivamente as decisões gerenciaisMETODOLOGIA:Baseado no PES que valoriza a participação dos atores envolvidos, seus desejos e interesses e a viabilidade política, social eeconômica dos planos e projetos, os instrumentos de planejamento do SUS em Maricá, vem sendo construídos num movimento coletivo organizado em encontros como: Oficinas de Trabalho e pequenos grupos com os Gerentes dos Programas,trabalhadores das Unidades de Saúde e membros do Conselho Municipal de Saúde.? 1º Momento:Levantamento de problemas, estratégias de enfrentamento, construção de metas de curto e médio prazo.? 2º Momento:Instrumentalização para construir ações estratégicas para o alcance de metas de curto prazo e de avaliação eacompanhamento das metas? 3º MomentoInstrumentalização para elaborar Relatórios e justificativas de recondução ou de nova programação de metas

Construir uma cultura de planejamento é um desafio, considerando que a maioria dos trabalhadores e gestores percebe seu trabalho cotidiano muitas vezes como uma prática intuitiva e seguindo uma rotina determinada pelas demandas gerenciais e administrativas vindas da gestão superior.Assim, a atual gestão da Secretaria de Saúde de Maricá – RJ vem construindo um processo de planejamento local que possa se transformar em uma prática gerencial cotidiana.

Esta experiência em curso vem consolidando a ideia de realizar as ações de planejamento de forma participativa, fazendo comque os sujeitos envolvidos possam integrar-se e discutir diferentes pensamentos e condutas reconhecendo que se pode criaruma interlocução com os vários desejos que se colocam e várias forças que se estabelecem, transformando os trabalhadores egestores para uma nova maneira de planejar da Secretaria Municipal de Saúde. O que poderemos confirmar nos depoimentosespontâneos dos sujeitos envolvidos.

Principal

Monica Vieira Gonçalves, Jussara Mendonça Quintes E Luiz Fernando da Costa Azevedo.

angelicaduarte.marica@gmail.com

A prática foi aplicada em

Maricá

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Av. Roberto Silveira, 43

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Maria Angélica Duarte Silva

Conta vinculada

patricia.carvalho@fiocruz.br

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Planejamento Local e Participativo na Estratégia Saúde da Família no Município de Cachoeirinha/Tocantins
Tocantins
Práticas
Novo modelo de cooperação intermunicipal na região de saúde de São Sebastião do Paraíso(MG)
Minas Gerais
Práticas
Implantação do Espaço de ofertas de Práticas Integrativas e Complemenares em Saúde(Pics) para Trabalhadores, Alunos, Estagiários e Usuários-Ensp/Fiocruz
Rio de Janeiro
Práticas
Conferências Locais de Saúde: Estratégias de Educação Permanente para o Plano Municipal de Saúde.
Rio Grande do Sul
Práticas
“Uso de Dados do Sisreg Prótese odontológica no Planejamento na Gestão Pública em Fraiburgo Sc”
Santa Catarina
Práticas
Saúde do Trabalhador: Ampliação do Acesso a Assistência, Cuidado, Promoção e Prevenção.
Paraíba
Práticas
A Saúde Mais Perto de Você
Rio de Janeiro
Práticas
Planejamento em Saúde: uma Construção Coletiva.
Paraíba
Práticas
Humanizar para Bem Cuidar: Capacitando Servidores de Santa Luzia para Um Cuidado Digno e Qualificado
Paraíba
Práticas
Monitoramento do Acesso e Avaliação das Ações e Serviços de Saúde na Aps na Melhoria da Qualidade
Paraíba