Olá,

Visitante

Implantação do Núcleo de Atenção A Pessoa Idosa Vulnerável no Município de Pinheiro-Ma: um Relato de Experiência

o envelhecimento da população brasileira mostra-se como um grande desafio (COSTA, 2009). o Município de Pinheiro possui cerca de 7.548 idosos, sendo 3.518 do sexo masculino e 4.030 do sexo feminino (IBGE, 2010). Tendo a sua grande maioria a rede básica de saúde como porta de entrada. A fragilidade é considerada como condição inexorável no envelhecimento, definindo-se como uma síndrome multifatorial que eleva a vulnerabilidade na pessoa idosa, a incapacidades, dependências e morte (FHON SILVA et al., 2012). o reconhecimento da fragilidade não é feito rotineiramente pela maioria dos profissionais de saúde e, muitas vezes, tais alterações são atribuídas ao envelhecimento normal (“da idade”). Justifica-se a realização deste projeto para que, a partir da implementação do Núcleo de Atenção à Pessoa Idosa Vulnerável no município de Pinheiro, fosse realizada a atenção especializada a este seguimento populacional.

Relatar a experiência exitosa de implantação do Núcleo de Atenção à Pessoa Idosa Vulnerável do Município de Pinheiro-MA. o projeto é fruto da parceria entre a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Secretária Municipal de Saúde do Município de Pinheiro, contemplado por meio da assinatura do Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino-Saúde (COAPES). o projeto foi implementado no período de 01 de março de 2018 a 01 de março de 2019, nas Unidades Básicas de Saúde. as atividades ofertadas pelo projeto foram consultas médica gerontológica e ortopédica, consulta de enfermagem e atividades de promoção à saúde como o incentivo aos hábitos de vida saudáveis. A população alvo deste projeto foram idosos vulneráveis cadastrados na ESF, que atendiam aos critérios de vulnerabilidade VES-13 estabelecido na Caderneta da Pessoa Idosa.

Durante a execução do projeto, foram realizadas 34 consultas geriátricas, 16 consultas ortopédicas, 40 consultas de enfermagem, 24 palestras, orientações nutricionais, 05 visitas domiciliares e atendimentos fisioterápicos. A utilização correta do instrumento VES-13, pareceu-nos relevante, pois permitiu identificar o idoso vulnerável e também estimular os profissionais de saúde para uma postura pró-ativa. A implantação do Núcleo de Atenção à Pessoa Idosa proporcionou o envolvimento de profissionais da saúde, docentes, gestão municipal de saúde, acadêmicos e comunidade, consolidando conhecimentos e práticas nas áreas da promoção da saúde e cuidado ao idoso vulnerável.Este Projeto alcançou satisfatoriamente o seu objetivo de implantar o Núcleo de Atenção à Pessoa Idosa Vulnerável, em Unidades Básica de Saúde (UBS) no município de Pinheiro-MA. Por seu intento inovador, logo chamou a atenção da comunidade idosa e dos profissionais de saúde do referido Munícipio. Ofertar um cuidado estratégico e desafiante como o que foi proporcionado, tornou este Projeto numa experiência exitosa.

Principal

Joelmara Furtado Dos Santos Pereira

joelmara27@yahoo.com.br

Coautores

Amanda Namíbia Pereira Pasklan, Yara Maria Cavalcante Portela, Michelline Joana Tenório Albuquerque Madruga Mesquita, Danielle Morais Gomes, Francisca Bruna Arruda Aragão

A prática foi aplicada em

Pinheiro

Maranhão

Nordeste

Instituição

Rua Santa Maria, Sn

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Frederico Araújo Lobato

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal
Práticas
Qual Significado de Morar em um Srt e A Importância da Inclusão des tes Moradores com Transtornos Mentais no Mercado de Trabalho: Relato da Experiência Vivenciada em Orindiúva
São Paulo
Práticas
Risus – de Coadjuvante A Protagonista
São Paulo
Práticas
Contratualização na Ses-Df: Resultados da Implantação de Metas nas Regiões de Saúde da Secretaria de Saúde do Df
Distrito Federal