Olá,

Visitante

Identificação do Risco Cardiovascular em Pacientes de uma Unidade de Saúde, Pr.

Buscou-se identificar o risco cardiovascular em baixo, médio ou alto, seguindo o Escore de Risco de Framingham (ERF). conforme o caderno de atenção primária do Ministério da Saúde. METODOLOGIA: Estudo documental, por amostra aleatória em 400 prontuários, de pessoas com hipertensão (HAS) e diabetes (DM), cadastradas em uma unidade básica de saúde composta por duas equipes de saúde da família no município de Ponta Grossa-PR. No período de junho/2013 a agosto/2014. fizeram parte da amostra 200 pessoas com DM e HAS. Critério de inclusão foi considerado exame laboratorial atualizado, sexo masculino e feminino e idade maior ou igual a 20 anos. . Palavras-chave: Estratificação. Risco Cardiovasculares. Atenção Primária.

As doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no Brasil e no mundo. A Hipertensão Arterial Sistêmica e o Diabetes Mellitus constituem um grave problema de saúde pública e são os principais fatores de risco para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares.

O estudo mostrou-se relevante, visto que, os profissionais da saúde adquiriram o conhecimento sobre os graus de riscos cardiovasculares de seus pacientes hipertensos e diabéticos, podendo assim, posteriormente, planejar, com a equipe um plano de cuidados com cada grau de risco, mantendo o princípio da equidade. Recomenda-se que outras equipes da UBS, estratifiquem seus pacientes crônicos.

Principal

Geovane Menezes Lourenço

mengeovane@gmail.com

A prática foi aplicada em

Ponta Grossa

Paraná

Sul

Instituição

rua Santa Rosa, sem número

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Geovane Menezes Lourenço

Conta vinculada

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
O Encontro como Estratégia de Fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial: Conectando e Mobilizando Fluxos nos Diferentes Pontos da Atenção Básica no Vale do Jamari, Rondônia
Rondônia
Práticas
Projeto Menina do Laço de Fita: Integralidade do Cuidado na Garantia do Direito Sexual e Reprodutivo da População de Abaetetuba – Pará
Pará
Práticas
Aperfeiçoamento do Processo de Gerenciamento do Programa do Tratamento Fora do Domicílio de Santa Luzia do Pará
Pará
Práticas
Criança Vacinada e Feliz
Práticas
Outside Vaccine: Rorainópolis Fora dos Muros
Práticas
Estratégias para Vacinação Contra Covid: Busão +saúde – Palmas-to
Práticas
Estrategias para Contornar Dificuldades e Elevar Cobertura Vacinal de Polio e Penta
Práticas
Reorganização do Processo de Trabalho das Equipes da Atenção Básica para o Fortalecimento das Ações de Imunização no Município de Jandaíra-ba
Práticas
Vacinar para Proteger: Metodologias Sistematizadas Aplicadas para o Alcance da Cobertura Vacinal em Pindoretama-ceará
Práticas
Imunização na Terceira Idade: Educação em Saúde Como Estratégia para Adesão de Idosos em um Município do Estado do Maranhão