Olá,

Visitante

Horta orgânica: Semeando Saúde na Unidade de Saúde da Família de Barra do Furado – Quissamã/Rj

OBJETIVOS: Incentivar a prática de cultivo de horta agroecológica acessível a população do território contribuindo para a formação de hábitos alimentares saudáveis na melhoria da qualidade de vida. METODOLOGIA:O projeto foi idealizado com a comunidade local para utilização de terreno ocioso na UBS e é apoiado por técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Pesca mediante o preparo do terreno, irrigação, fornecimento de mudas e orientação de plantio de acordo com a época do ano. Idosos, escolares e funcionários da UBS são os responsáveis pela manutenção da horta. Concomitante ao cultivo, a nutricionista realiza atividades educativas sobre alimentação saudável com a população, em especial, usuários de doenças crônicas, e fornece as hortaliças produzidas. Aos voluntários atuantes a produção é liberada para geração de renda.

As hortaliças são reconhecidas pelo valor nutricional e propriedades terapêuticas. Seu consumo tem sido relacionado a melhoria da saúde e prevenção de doenças. Além disso é uma forma de terapia ocupacional e geração de renda para os indivíduos e famílias. Há maiores benefícios para a saúde e meio ambiente se não forem utilizados agrotóxicos e adubos químicos.

Ao semear saúde com as hortas, estas, promovem o fortalecimento da segurança alimentar e nutricional, cria ambiente sustentável e saudável na unidade de saúde, amplia o vínculo com os dispositivos sociais do território e com a comunidade. Constitui uma ação ampliada de promoção da saúde que interfere positivamente no processo saúde – doença e no empoderamento do cuidar da saúde, bem como, em outras possibilidades de geração de renda.

Principal

Sabrina Oliveira Samurio, Sheila Maria dos S. Batista E Delba Machado Barros.

raquelmorenoenf@gmail.com

A prática foi aplicada em

Quissamã

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Av. Francisco de Assis Carneiro da Silva, 560

Uma organização do tipo

Organização social

Foi cadastrada por

Raquel Moreno A. Miranda Aires

Conta vinculada

patricia.carvalho@fiocruz.br

07 fev 2022

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Vivência em atendimento em grupo de portadores de Diabetes Mellitus da Esf Itapuca, Resende, RJ
Rio de Janeiro
Práticas
A descentralização das ações de controle da tuberculose no município de Volta Redonda
Rio de Janeiro
Práticas
O matriciamento de cardiologia e endocrinologia no fortalecimento a atenção à doenças crônicas
Rio de Janeiro
Práticas
A expansão do processo matricial no município de Volta Redonda – uma experiência exitosa
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da equipe multidisciplinar no programa de osteoporose de Penedo – Itatiaia (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Sensibilização da APS para o cuidado integral da população em situação de rua da cidade de Resende
Rio de Janeiro
Práticas
Coordenação do cuidado, ordenação da rede de atenção à saúde e o e-SUS AB como ferramenta de gestão
Rio de Janeiro