Olá,

Visitante

Gestantes Usuárias de Drogas e em Situação de Rua: a Complexidade da Atenção Materno Infantil e os Desafios do Consultório na Rua de Niterói

Os Consultórios na Rua do Município de Niterói são formados por 2 equipes multiprofissionais, modalidade 3, compostas cada equipe por 4 profissionais de nível superior (1 Médico, 1 Enfermeiro, 1 Psicólogo, 1 Assistente Social) e 2 profissionais de nível médio (1 Tecnico de enfermagem e 1 Agente Redutor de Danos). Prestam atenção integral à saúde da população em situação de rua in locu. As atividades são também realizadas de forma itinerante e quando necessário também utilizamos as instalações da UBS do território.Relatamos um caso de mulher parturiente, com bebê recém nascido com descrição abaixo dos desafios que cercam a promoção de cuidado mãe / bebê em condições de alta vulnerabilidade social:- Mulher parturiente passou por toda a gestação fazendo uso abusivo de drogas (Crack, thiner-solvente, álcool)

Mulheres, gestantes em situação de rua e a exposição pré-natal ao uso abusivo de álcool, crack e outras drogas. Os efeitos das vulnerabilidades sociais em mulheres gestantes e à exposição às drogas lícitas e ilícitas. Promoção de cuidado e proteção social das equipes de Consultórios na Rua de Niterói e o fortalecimento do acesso a serviços da atenção básica com estratégias efetivas de redução de danos junto à mulheres em alta vulnerabilidade social.

O caso contextualiza e demonstra em todo o seu relato, os itinerários terapêuticos que foram se desdobrando pela coordenação e compartilhamento de cuidados mãe /bebê protagonizados pela equipe do consultório na rua , legitimando este ponto de atenção da atenção básica e da rede de atenção psicossocial (RAPS) a partir das diretrizes basilares que regem a atenção integral a população em situação de rua e sobretudo os desafios da complexidade de cuidar de gestantes em alta vulnerabilidade social e em situação de rua que fazem uso abusivo de drogas.Esta experiência recomenda maior qualificação de toda a rede SUS no que tange a Atenção materno infantil de pessoas com alta vulnerabilidade social em situação de rua e que fazem uso abusivo de álcool, crack e outras drogas.Recomenda a perspectiva da melhoria do acesso e da qualidade na atenção integral de mulheres e gestantes em situação de rua.A necessidade de formulação de linhas guias de cuidado com vistas a tornar os itinerários terapêuticos e seus fluxos mais sinérgicos para o compartilhamento do cuidado e em rede.Na perspectiva do conceito de redução de danos, como uma ética de cuidado considerar a relevância de dar mais concretude e operatividade a estas estratégias junto a mães e gestantes que fazem uso abusivo de drogas.Considerar a atenção integral a saúde da mulher e qualificar os profissionais da rede SUS as questões de gênero e todos os rótulos sociais que giram em torno de mulheres que se drogam, e que estão em alta vulnerabilidade social e a relação que existe com as dificuldades que enfrentam de barreiras de acesso na rede SUS.Considerar a potência das estratégias de cuidado dos consultórios na rua junto a população em situação de rua e a necessidade de articulações intersetoriais junto a instancias da assistência social, conselho tutelar, órgãos da justiça , dentre outros , com vistas a proteção social da mãe e do bebê sempre no sentido de evitar e prevenir a separação de ambos, no momento de pós parto

Principal

Alexandre Teixeira Trino

alextrino@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Niterói

Rio de Janeiro

Sudeste

Rua Visconde do Uruguai, 531, 4º andar - Centro

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Alexandre Teixeira Trino

alextrino@hotmail.com

06 fev 2022

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
O Agente Comunitário de Saúde e a integralidade do cuidado no controle das Arboviroses.
Rio de Janeiro
Práticas
O Nasf de Armação dos Búzios como uma fênix em tempos sombrios: novas tecnologias a serviço do cuidado
Rio de Janeiro
Práticas
ATHIS Casa Saudável
Rio Grande do Sul
Práticas
Campanha Permanente de Castração de Cães e Gatos: Combate Estratégico às Zoonoses Centrado nos Princípios do SUS e no Conceito Território em Saúde, em Gurupi – To
Tocantins
Práticas
Cuidado de Enfermagem aos Portadores de Diabetes com “Pés Diabéticos” em Equipe de Estratégia Saúde da Família Relato de Experiência
Rondônia
Práticas
Territorialização e Expansão do Acesso na Atenção Básica em Pimenta Bueno: Redução de Nove para Duas Áreas des cobertas Pelos Agentes Comunitários de Saúde – Acs
Rondônia
Práticas
O Encontro como Estratégia de Fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial: Conectando e Mobilizando Fluxos nos Diferentes Pontos da Atenção Básica no Vale do Jamari, Rondônia
Rondônia
Práticas
Projeto Menina do Laço de Fita: Integralidade do Cuidado na Garantia do Direito Sexual e Reprodutivo da População de Abaetetuba – Pará
Pará
Práticas
Aperfeiçoamento do Processo de Gerenciamento do Programa do Tratamento Fora do Domicílio de Santa Luzia do Pará
Pará