Olá,

Visitante

Gestão Estratégica e Participativa no Sus: Implantando Novas Instâncias Deliberativas no Município Paulo Jacinto – Al

A concretização do controle social no SUS é vista como uma forma de transformar as ações de saúde. Para isso, a gestão deve ter como princípio a valorização da participação social através da implementação de estratégias que visem o acesso popular aos processos gerenciais. (BRASIL, 2009 COELHo 2012). A Lei 8.142/90 (Brasil, 1990), discorre sobre a participação da comunidade na gestão do SUS, através da criação de Conferências e Conselhos de Saúde, promovendo um sistema participativo, apoiado nos princípios ideológicos do SUS. Diante de tal importância o município de Paulo Jacinto-AL, vincula a esse processo a criação de duas instâncias deliberativas que buscam acolher e analisar os problemas locais, propondo soluções voltadas à melhoria da assistência, tais como: encontro denominado Rodas de Conversa, de caráter integrador da gestão com a comunidade seguido por reuniões do Comitê Interdisciplinar de Saúde, de cunho estratégico, que objetiva solucionar entraves apontados pela comunidade

Humanizar a gestão municipal de saúde, por meio da intensificação do processo de Gestão Estratégica e Participativa, qualificando democraticamente os serviços. ESPECÍFICOS Promover protagonismo do usuário na gestão do SUS Mapear as necessidades micr A roda de conversa é realizada mensalmente em uma microárea, na residência do usuário indicado pelo agente comunitário de saúde. Comparece a essa discussão: gestor de saúde, coordenadores e profissionais da UBS. Durante a ocasião é fornecida informações sobre os serviços e fluxos da atenção básica, bem como os de maior complexidade. É gerado um cenário discursivo. Os usuários são convidados a expressar as contrariedades encontradas no processo. Após a vivência, as demandas são encaminhadas ao Comitê Interdisciplinar de Saúde, composto por membros das categorias profissionais de diversos níveis assistenciais. Nas reuniões mensais são estabelecidas articulações internas e intersetoriais com direcionamento na resolução dos problemas.

Entre o período 01/12/2017 a 01/12/2018, foram realizados 14 rodas de conversas, nas 22 microáreas de saúde pertencentes às quatro UBS do município. Foram acolhidas e direcionadas ao comitê 44 solicitações de melhorias, das quais 19 referentes à Atenção Básica, 15 Atenção especializada, 02 Assistência Farmacêutica, 02 Vigilância em Saúde e 06 intersetoriais. Dentre as principais solicitações destacam-se: reformas nas unidades, transporte, especialidades médicas, animais errantes e qualidade da água potável municipal. Através das ações de gestão estratégica e participativa foram atendidas 32 solicitações, dentre elas: adequações de fluxos e estruturas em UBS, ações de vigilância, exames de média complexidade e direcionamentos intersetoriais.Portanto o atendimento da demanda da comunidade garante o acesso do usuário à gestão, em tempo que o comitê interdisciplinar de saúde, direciona ações para as necessidades singulares das microáreas de saúde, contribuindo diretamente para o fortalecimento do controle social nas rotinas gerenciais. Dessa forma, a inter-relação entre as duas instâncias promove a qualificação do processo de trabalho, tornando as ações de saúde mais humanizadas, democráticas e efetivas

Principal

Thécio Canuto Ferreira

theciocanuto@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Paulo Jacinto

Alagoas

Nordeste

Instituição

Rua Erasmo Porangaba, Nº 30, Centro, Paulo Jacinto, Alagoas

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Maria Do Carmo Martins Barbosa Da Silva

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal